sábado, 21 de março de 2020

Bolsa Família: “50 mil benefícios devem ser concedidos em Salvador”, afirma secretária da Sempre

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, assinou, na tarde desta sexta-feira (20), medidas emergenciais para os beneficiários do Bolsa Família em meio à crise do Covid-19. Além da suspensão de cancelamento de benefícios, mais de 1 milhão de famílias devem receber ajuda do Programa.
Em contato com o Varela Notícias, a secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), Ana Paula Matos, garantiu que a suspensão de bloqueios de benefício do Bolsa Família já entraram em vigor e permanecerão por 120 dias.
“Eu conversei com o prefeito, ele falou com o ministro Onyx, ele já de imediato suspendeu por 120 dias o bloqueio e cancelamento de qualquer benefício, então as pessoas que são convocadas para uma atualização cadastral não vão ter nenhum prejuízo agora.
Além disso, Ana Paula afirmou que cerca de 1,2 milhão de famílias devem ser beneficiadas.“O prefeito pediu ao ministro que colocasse de volta as pessoas que tinham sido excluídas, aumentar os cadastros, e ele nos informou que vai conceder 1 milhão e 200 mil benefícios de bolsa família. A nova expectativa é que Salvador receba 50 mil novos benefícios porque já estamos esperando no cadastro de 47 mil famílias em extrema pobreza”, disse.
Ainda segundo a secretária, a decisão foi tomada por conta da pandemia de coronavírus, na qual a população é recomendada a ficar em quarentena. Sendo assim, as pessoas não podem realizar a atualização do cadastro. “Se elas [as famílias] não atualizassem, seriam 18 mil perdas até junho. Para que essas perdas não acontecessem, o ministro suspendeu”, declarou.
Mais de 46.700 pessoas aguardam um auxílio do Programa e se encontram em situação de extrema pobreza. A expectativa, segundo Ana Paula, é de que 50 mil novos benefícios sejam concedidos.Fonte/Varelanoticia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário