terça-feira, 10 de março de 2020

Após abraço polêmico, Drauzio Varella se posiciona sobre críticas: “Estão explorando politicamente o episódio”

[Após abraço polêmico, Drauzio Varella se posiciona sobre críticas: “Estão explorando politicamente o episódio”]Depois de ter sido criticado pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, após ter abraçado uma transexual que foi presa por ter estuprado e matado um menino de 9 anos, o médico Drauzio Varella se posicionou sobre a polêmica em torno da matéria veiculada no Fantástico, da Rede Globo, no último dia 01 de março.
“Estou aqui para dar uma explicação para as pessoas que me acompanham. No último domingo (8) foi revelado para o país, inclusive para mim mesmo, o crime cometido por uma das entrevistadas na matéria que apresentei no Fantástico. Não há o que falar. É um crime que choca a todos nós. Escrevi uma nota em que fui sincero ao dizer que não entrei naquela cadeia como juiz, e sim como médico. Ser médico orienta meu olhar em todas as situações. Não só quando estou atendendo paciente. Faço isso há mais de cinquenta anos. Posso imaginar a dor e peço desculpas para a família do menino que foi involuntariamente envolvida no caso”, disse Drauzio, através de um vídeo publicado nas redes sociais, nesta terça-feira (10).
“Na matéria em questão, o foco era mostrar as condições em que vivem as transexuais presas. As estatísticas oficiais indicam que a imensa maioria delas está presa por roubo e furto. A maneira pela qual a Susi foi apresentada, deu a entender que ela fazia parte desse grupo majoritário, por isso, entendo a frustração de quem se decepcionou comigo. Para quem acha que eu errei, desculpa, mas esse é meu jeito. Lamento, mas assumo totalmente a responsabilidade pela repercussão negativa que o caso teve”, explicou.
O médico aproveitou também para ressaltar que não tem nenhuma intenção política, após ter sido criticado também pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro.
“Agora eu gostaria de dizer claramente, sem nenhuma chance de que volte atrás no futuro, que nunca fui nem serei candidato a nada. As pessoas que estão explorando politicamente esse episódio, podem ficar tranquilas”, afirmou,
Veja vídeo:Fonte/Bocaonews.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário