sábado, 15 de fevereiro de 2020

Suspeitos oferecem R$ 200 mil de suborno para policiais após apreensão de cigarros ilegais

Três homens detidos pela Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Semiárido com R$ 101 mil em espécie e meio milhão de reais em cigarros contrabandeados, tentaram subornar policias após operação que teve início na noite de sexta-feira (14) e seguiu pela madrugada de sábado, na cidade de Canarana.
Os PMs faziam rondas quando desconfiaram de um carro modelo Corolla, parado próximo do posto Gameleira. Após abordagem e revista aos três ocupantes do veículo, os militares encontraram o dinheiro e uma pistola calibre 40, seis carregadores de pistola, farta munição, R$ 19,9 mil em cheques, rádio comunicador, celulares e cinco comprimidos de ecstasy.Durante depoimentos preliminares, o trio contou que trazia do Paraguai uma carga de cigarros ilegais. Disseram ainda que os materiais estavam em um caminhão, na cidade de Morro do Chapéu, e que o destino final seria o município de Jacobina. As equipes então, seguiram em diligência até o ponto indicado.
Dentro de um caminhão, em um posto de combustíveis de Morro do Chapéu, os PMs da Cipe Semiárido encontraram 524 caixas e mais 40 maços de cigarros avaliados em R$ 525 mil. 
No caminho para a cidade de Jacobina, onde o caso foi registrado, os criminosos ofereceram R$ 200 mil aos militares para que fossem soltos. “Nesse momento o tenente responsável pelos flagrantes informou que o trio responderia também pelo crime de corrupção ativa”, ralatou o major Carlos Maltez, comandante da Cipe Semiárido.Fonte/Varela noticia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário