quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Kannário terá que pagar R$ 40 mil de indenização a ex-músico de sua banda

A Quarta Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT-5) condenou o músico e deputado federal Igor Kanário (DEM) a pagar uma indenização de R$ 40 mil ao seu ex-músico, Anderson Machado de Jesus.Além disso, a Justiça reconheceu o vínculo empregatício que existiu entre Kannário e o músico por quase oito anos, durante o período de 1º de janeiro de 2009 até 1º de dezembro de 2016.Por essa questão, o cantor e a sua antiga produtora, a Showmix Produções e Eventos, também foram condenados ao pagamento de uma série de obrigações trabalhistas, como FGTS, 13º salário e férias proporcionais ao período trabalhado, além de indenização referente ao seguro-desemprego e as parcelas rescisórias de aviso prévio e projeção.  
O ex-integrante entrou com ação contra Kannário e a Showmix na Vara do Trabalho, que não acolheu o pedido do percussionista. Anderson então entrou com o recurso no TRT-5, que reconheceu por unanimidade o pedido pelos desembargadores Maria Elisa Costa, Sebastião Lopes e Débora Machado, que também foi relatora do processo.
As partes condenadas ainda podem recorrer no Tribunal Superior do Trabalho (TST). A assessoria do cantor afirmou que “como o processo ainda é cabível de recurso", não vai fazer um pronunciamento sobre o caso.
Clique aqui e confira a setença completa.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário