Pular para o conteúdo principal

Ex-prefeito de Porto Seguro deve devolver R$2,5 milhões aos cofres públicos

[Ex-prefeito de Porto Seguro deve devolver R$2,5 milhões aos cofres públicos]O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), nesta terça-feira (13), votou pela procedência parcial de termo de ocorrência lavrado contra o ex-prefeito de Porto Seguro, Jânio Natal, por irregularidades na contratação e pagamento de serviços de advocacia, em 2007, tendo como beneficiário o escritório Advocacia Safe Carneiro S/C.
Segundo o tribunal, foram gastos com a contratação, no período de março de 2007 a janeiro de 2008, o montante de R$2.513.277,05, que terão agora que ser devolvidos pelo ex-prefeito, com recursos próprios, em valores devidamente corrigidos monetariamente.
O relator do parecer, conselheiro Francisco Netto, determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual (MPE-BA), para que seja apurada a prática de ato que caracteriza crime tipificado como improbidade administrativa pelo gestor.
De acordo com a relatoria, o contrato celebrado entre a prefeitura de Porto Seguro e o escritório Advocacia Safe Carneiro S/C foi irregular, por se tratar de um típico “contrato de risco”, que é proibido por lei aos entes públicos. Os honorários acertados pelo então prefeito Jânio Natal com o escritório de advocacia foram fixados no percentual de 16% sobre o valor acrescido ao FPM do município de Porto Seguro, em razão da atuação profissional do contratado, o que é vedado pela legislação.
“A participação do Poder Público impõe a observância de regras específicas, de tutela do interesse público, de caráter indispensável, que impedem a realização de despesas com a contraprestação dos seus contratantes através de pagamentos indefinidos e futuros”, pontuou o conselheiro Francisco Netto.
Além disso, de acordo com a decisão, o gestor promoveu o pagamento dos honorários antes mesmo do trânsito em julgado de sentença favorável ao município de Porto Seguro, ou seja, ‘diante de uma decisão passível de revogação, que foi o que efetivamente ocorreu pouco tempo depois”.
Assim, revogada a liminar e encerrado o processo com trânsito em julgado desfavorável ao município, que foi condenado à restituição das parcelas recebidas “por força de reversão da medida antecipatória dos efeitos da tutela”, constatou-se que, em vez do ganho financeiro pretendido, o município de Porto Seguro foi obrigado a suportar, “por absoluta falta de zelo do gestor à época, um prejuízo de R$2.513.277,05 relacionado ao pagamento do escritório de advocacia que não entregou o que havia prometido, não fazendo jus, portanto, em se tratando de contrato de risco, ao recebimento de quaisquer valores.
Em relação à aplicação de penalidade de multa ao gestor, a relatoria constatou a ocorrência da prescrição quinquenal, em razão do processo ter ficado paralisado por mais de cinco anos sem qualquer movimentação.
Cabe recurso da decisão.Fonte/Bocao news.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Programa de monitoria estudantil na rede estadual tem inscrições prorrogadas até 4 de abril

Já os habilitados, com inscrições realizadas até sexta-feira (26), começam a atuar como monitores na próxima segunda-feira (29). Estão prorrogadas até o dia 4 de abril as inscrições para o processo de seleção dos estudantes para o Programa Mais Estudo. Já os habilitados,  com inscrições realizadas até sexta-feira (26) , começam a atuar como monitores na próxima segunda-feira (29). Para saber se está habilitado para participar da monitoria, os estudantes devem entrar em contato com a equipe gestora ou coordenação pedagógica da unidade escolar em que estuda. Os estudantes selecionados vão atuar como monitores de Língua Portuguesa, Matemática e Educação Científica, contribuindo para a aprendizagem dos colegas, durante o ano letivo 2020/21. São oferecidas duas vagas de monitoria por turma em todas as unidades escolares da rede estadual e os selecionados receberão uma bolsa de R$ 100, durante o período de vinculação ao Programa. Para participar, o estudante deve possuir Cadastro de Pessoa F

Casa que vendia fogos de artifício explode e deixa feridos em Crisópolis

  Um imóvel onde funcionava uma revenda de fogos de artifício explodiu em Crisópolis, cidade a cerca de 212 Km de Salvador, na tarde desta quarta-feira (14). Conforme o coordenador do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Ivan Paiva, ao menos 10 pessoas ficaram feridas. De acordo com os Bombeiros, o imóvel estava localizado na Avenida Nelson Santiago, uma das principais da cidade. A explosão atingiu outras três casas ao lado.  Duas delas ficaram completamente destruídas e uma ficou em chamas . Segundo Ivan Paiva, 10 pessoas ficaram feridas, duas seguem nos escombros e duas foram transferidas para unidades de saúde em Salvador. O Samu analisa se será necessário o apoio do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer). O morador da cidade, Rafael Nascimento, afirmou que o caso aconteceu por volta das 16h30 e em cima da loja tinha uma casa, que era do dono da loja. Rafael Nascimento também contou que algumas pessoas ficaram feridas após a explosão e os fios de energia elétrica da

Secretário de Infraestrutura de Inhambupe morre vítima da Covid-19

  O Secretário Municipal  de Infraestrutura  e Serviços Públicos  do município de Inhambupe, José Renato Santos Silva, morreu nesta terça (25) no  Hospital Metropolitano de Lauro de Freitas , por complicações da Covid-19. Renato apresentou sintomas da Covid-19 e estava internado desde a última semana no HACM de Inhambupe e no dia 19 foi transferido, já entubado,  em uma  Samu de suporte avançada para Lauro de Freitas,  onde lamentavelmente perdeu a batalha para o vírus.   Ele foi  Coordenado de Transporte da Secretaria Municipal de Educação estava a frente da pasta da  Secretaria Municipal  de Infraestrutura  e Serviços Públicos. A Prefeitura Municipal e Câmara publicaram nota de pesar. O enterro será às 16h no Cemitério local. Fonte\ronaldoleite.