JC FOTOS DIGITAL

JC FOTOS DIGITAL

SUPERMERCADO E ATACADÃO SP

SUPERMERCADO E ATACADÃO SP

DENTAL MED SUA MELHOR OPÇÃO

DENTAL MED SUA MELHOR OPÇÃO

quinta-feira, 27 de junho de 2019

Brasil supera Paraguai nos pênaltis e está na semifinal da Copa América

Em jogo dramático, Gabriel Jesus bateu o pênalti que colocou a Seleção na próxima fase
Hoje não, hoje não, hoje não! A história dos confrontos entre Brasil e Paraguai na Copa América não tem sido generosa com os brasileiros nos últimos anos, mas não hoje. Na noite desta quinta-feira (27), na Arena do Grêmio, a Seleção Brasileira bateu os paraguaios nos pênaltis por 4x3, espantou a zica e garantiu a classificação às semifinais do torneio. Gabriel Jesus marcou o gol que colocou o Brasil na próxima fase. 
Agora, a Seleção espera pelo vencedor de Argentina x Venezuela, que se enfrentam nesta sexta-feira (28), no Maracanã, para saber quem vai enfrentar na próxima terça-feira (2), no Mineirão, em Belo Horizonte. Já o Paraguai, se despede da Copa América com o jejum de quatro anos sem vencer na competição.
Nas últimas duas vezes em que esteve nas quartas de final da Copa América, o Brasil pegou os paraguaios pela frente e acabaram sendo eliminados nos pênaltis. Foram dois empates no tempo normal: 0x0 na edição de 2011, na Argentina, e 1x1 no Chile, em 2015. Mas nesta quinta-feira, o Brasil entrou em campo destinado a mudar esse estigma. Mas não foi lá tão fácil.
O primeiro tempo do Brasil foi um resumo do que o time apresentou na fase de grupos. Com mais posse de bola, a Seleção dominou o Paraguai, mas apresentou dificuldade na criação. Tentando explorar as jogadas pelo lado de campo, o time brasileiro não conseguiu furar o bloqueio paraguaio no primeiro tempo. Quando saiu de cara com Gatito, Firmino chutou fraquinho e facilitou a defesa.
O mesmo Firmino teve outra boa chance aos 22 minutos. Na jogada errada da defesa paraguaia, Coutinho roubou e deixou o atacante em boa posição, mas ele não conseguiu fazer o domínio e perdeu a chance de finalizar.
O Paraguai, por sua vez, tinha proposta clara: buscar o gol nas jogadas de contra-ataque. A melhor chance da equipe foi Derlis González. O atacante do Santos recebeu lançamento livre dentro da área e chutou forte. Alisson evitou o gol.
Antes do fim da primeira etapa o Brasil criou outra boa oportunidade em jogada individual de Everton. A bola sobrou livre para Daniel Alves na entrada da área, mas o lateral se enrolou e não conseguiu finalizar.
Ataque contra defesa
Precisando marcar gols para evitar os pênaltis, o Brasil voltou com Alex Sandro no lugar de Filipe Luís. O que não mudou foi a capacidade do ataque brasileiro em desperdiçar as chances. Coutinho recebeu na entrada da área e, desequilibrado, não conseguiu mandar com força.
Aos 9 nove minutos Firmino escapou em velocidade e foi derrubado por Balbuena. O árbitro marcou pênalti, mas após a revisão do árbitro de vídeo voltou atrás e deu falta na entrada da área e expulsou o zagueiro paraguaio. Na cobrança, Daniel Alves soltou a bomba, mas Gatito fez a defesa.
Com um homem a menos, o Paraguai se fechou ainda mais e o jogo passou a ser um duelo de ataque contra defesa. Aos 24 minutos Arthur pegou a sobra na entrada da área e soltou o pé. Gatito apareceu para salvar o Paraguai outra vez. Tite deu ainda mais poder ofensivo ao time colocando Willian no lugar do volante Allan. Mas foi em nova jogada de Everton que o gol quase saiu. 
No lance individual, o Cebolinha deixou dois na saudade e cruzou. Coutinho não conseguiu cabecear, mas a bola sobrou para Gabriel Jesus, que dentro da área, perdeu um gol incrível. Dois minutos foi a vez de Everton bombardear Gatito e ver o goleiro fazer outra boa defesa. Nome do jogo, o goleiro paraguaio voltou a aparecer com linda defesa na cabeçada de Alex Sandro. Já o chute de Willian passou por Gatito, mas explodiu na trave.
Por conta das paralisações, o árbitro deu sete minutos de acréscimos. Em um dos raros momentos de ataque, o Paraguai desceu em contra-ataque e o zagueiro Escobar recebeu livre, mas chutou fraco e ganhou apenas o escanteio.
No último minuto Coutinho teve a chance de zero do marcador, mas o chute dentro da grande área desviou na defesa e foi para fora. Com o empate no tempo normal, a decisão foi para os pênaltis. 
Nas cobranças, Alisson começou pegando o chute de Gustavo Gómez. Enquanto isso, Willian, Marquinhos, Coutinho convertaram para o Brasil. Na quarta cobrança, Firmino mandou para fora. No último chute do Paraguai, Derlis González também despediçou. A bola do jogo então sobrou para Gabriel Jesus. O camisa 9 bateu no canto direito de Gatito e classificou o Brasil às semifinais.Fonte/Correio24horas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário