DENTAL MED SUA MELHOR OPÇÃO

DENTAL MED SUA MELHOR OPÇÃO

domingo, 10 de março de 2019

'A polícia prendeu um inocente', diz mãe do jovem baleado durante desfile do Olodum

Jeferson São Pedro Almeida, de 21 anos, foi sepultado neste domingo (10) no município de Inhambupe (BA)
Foi sepultado neste domingo (10), o corpo do jovem Jeferson São Pedro Almeida, de 21 anos, que teve morte cerebral após ser baleado durante o Carnaval de Salvador. O enterro aconteceu por volta das 11h, na cidade de Inhambupe, cidade a cerca de 150 km de Salvador.
Ao CORREIO, a mãe da vítima, a dona de casa Joice Pinheiro de São Pedro, de 37 anos disse que o suspeito de cometer o crime preso pela polícia na última quarta-feira (06) é inocente: “A polícia não me diz nada. Mas eu tenho certeza que prenderam um inocente. Não foi esse homem que matou o meu filho. Ele não estava no local onde tudo aconteceu. Esse rapaz não é o verdadeiro assassino, não foi ele que atirou”.
Edmilson Silva Santos Júnior, de 28 anos, foi detido e apontado como o autor dos disparos, mas ele negou ter envolvimento com a morte de Jeferson. A Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA) informou que apurava a relação entre os feridos e um policial civil que foi detido armado fora de serviço durante a passagem Olodum. No entanto, ainda de acordo com a SSP, esse agente foi conduzido a um posto policial, ouvido e liberado porque as descrições das testemunhas do tiroteio que matou Jeferson não condiziam com a aparência do policial. A arma do agente foi periciada e foi constatado que nenhum projétil foi disparado.
Sobre o caso
Jeferson foi baleado na sexta-feira de Carnaval (1º), enquanto acompanhava no circuito do Campo Grande, o desfile do Bloco Olodum. A morte cerebral dele foi confirmada, cinco dias após o crime, também na quarta-feira (6).
A vítima encontrou com a mãe durante o circuito e, no momento em que foi baleado, tinha se afastado dela para comprar um refrigerante. Outras três pessoas também foram atingidas por disparos na mesma circunstância em que Jeferson. Entre as vítimas, estavam também um cordeiro do bloco e uma vendedora ambulante. Todos foram socorridos para o Hospital Geral do Estado (HGE). Fonte/correio24horas

Nenhum comentário:

Postar um comentário