quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Rui Costa é contra modelo de capitalização proposto na nova reforma da Previdência


[Rui Costa é contra modelo de capitalização proposto na nova reforma da Previdência]O governador Rui Costa (PT) avaliou a nova proposta de reforma da Previdência durante a terceira reunião do Fórum Nacional de Governadores, realizada nesta quarta-feira (20), em Brasília. Os gestores dos 27 estados receberam do ministro da Economia, Paulo Guedes, a proposta do Governo Federal e apresentaram as suas posições.
“Nós ainda vamos analisar detalhadamente a proposta hoje apresentada, mas, num primeiro, olhar tem coisas que não podemos concordar. A primeira coisa, e mais grave, é a tentativa de retirar da Constituição os preceitos da Previdência, ou seja, quer trazer para uma lei complementar os direitos previdenciários. Isso é muito arriscado, pois, estando na Constituição, qualquer alteração precisa de 3/5 do Congresso para alterar. Já numa lei complementar é maioria simples”, alertou Rui Costa. Ele disse ser a favor de uma reforma da Previdência, mas acha que é inadmissível retirá-la da Constituição. O caminho seria produzir um acordo e mantê-lo na Constituição.
A segunda questão que causou discórdia entre os governadores e o Governo Federal diz respeito ao modelo de capitalização. “Num país tão desigual, de rendas tão distantes, com a grande maioria da população muito pobre, esse modelo de capitalização vai empurrar quase a totalidade dos trabalhadores para receber no futuro apenas um salário mínimo, um benefício social. Então, não estamos de acordo com esses dois pontos que, num primeiro olhar, me parecem os mais graves e prejudiciais para o conjunto dos estados e os trabalhadores e têm que ser retirados. Os outros pontos podemos discutir, aperfeiçoar e melhorar para que tenhamos uma reforma”, explicou o governador da Bahia.Fonte/Bocaonews.

Nenhum comentário:

Postar um comentário