segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Jornal da Manhã ganha trinta minutos a mais de duração e novos quadros

O novo horário do jornal passa a ser das 6h às 8h
Quem viu o Jornal da Manhã nesta segunda-feira (21), já deve ter percebido a série de mudanças que representam uma nova fase do jornal local. Com mais 30 minutos de duração, a ideia é investir em conteúdo de qualidade que representem a comunidade de alguma forma, como aponta o apresentador Ricardo Ishmael. “O jornal cresce, mas sem ‘encher linguiça’. Ele cresce com conteúdo, por isso é preciso estar mais atento e abastecido de mais informação para atender as demandas do público”, explica. 
O diretor de jornalismo da TV Bahia, Eurico Meira, considera que a ampliação do tempo do Jornal da Manhã representa mais um passo para a consolidação da programação local e fortalecimento do jornalismo da emissora baiana. “A mudança representa uma maneira de estarmos ainda mais perto dos baianos, de diversificar os conteúdos locais e cobrir cada vez mais os fatos, histórias e personagens que marcam o dia a dia do estado”, avalia.
Sob o Comando de Ishmael e Thaic carvalho, a atração passa a ser transmitida das 6h às 8h. Nesta nova fase o Jornal da Manhã contará com novos quadros e até a volta de alguns quadros que já integraram a programação do jornal como o Meu sonho de Negócio. 
Uma das novidades já começa nesta terça-feira (22), com a estreia o Afro Job, um quadro que percorre as periferias de Salvador para falar de empreendedorismo negro e jovem. “Nós vamos caminhar muito para a questão dos bairros e da participação popular. O próprio Afrojob é isso. A equipe do G1 Bahia vai até as comunidade para conhecer jovens negros que fazem ações empreendedoras”, conta. 
Além do Afro Job, o jornal promoverá semanalmente entrevistas especiais com artistas locais para falarem um pouco de Salvador, o clima da cidade, o verão e até os planos para o carnaval. Semelhante à que foi ao ar nesta segunda com o cantor e compositor Gilberto Gil. 
Outra novidade é a série especial de reportagens “Repórter Turista”, com profissionais percorrendo várias regiões do estado. Além de um quadro de notícias rápidas em moldes semelhantes ao conhecido “G1 em 1 minuto”, da Rede Globo. 
As mudanças parecem ter sido aprovadas pelo público que já na estreia interagiram mais com o jornal por meio da #VocêNoJN. “Nós tivemos um volume de participação muito maior do que o de costume. Porque as pessoas estão acostumadas a nos acompanhar até às 7h30 e com mais meia hora, nós atingimos também a um público.”, avalia o apresentador. Fonte/coreio24horas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário