segunda-feira, 17 de julho de 2017

Sinal analógico de Inhambupe será desligado em 31.12.2023

Segundo o site seja digital, no município de Inhambupe que fica a 160 km de Salvador, o sinal analógico será desligado no dia 31.12.2023.

A Seja Digital (EAD - Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não-governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.

Veja o que é preciso fazer para não ficar sem o sinal de TV aberta
Quando o sinal analógico de TV é desligado em uma cidade, toda a programação dos canais abertos transmitidos pelo sinal analógico deixa de ser exibida. A tela da TV passa a mostrar mensagem informando que o sinal analógico foi desligado e que a programação continua sendo exibida pelo sinal digital.

Televisores
Para receber o sinal digital, é preciso ter um aparelho de televisão com conversor embutido ou colocar um conversor. Os aparelhos mais recentes possivelmente têm conversor embutido. É preciso conferir pelo menu da TV ou pelo manual do aparelho.
Procure pelo selo DTV. Se ele estiver no aparelho, a TV já está preparada para receber o sinal digital.

Antenas
Também é preciso instalar uma antena para captar o sinal digital. As antenas externas, usadas no telhado das casas, são as mais indicadas. Nos prédios e condomínios, podem ser usadas antenas coletivas para captar o sinal digital.

É recomendável consultar um vendedor ou especialista em antenas para auxiliar na adaptação, de acordo com o local da sua residência.

Kits gratuitos
Os kits gratuitos são distribuídos para que a população de baixa de renda, beneficiária de programas sociais do governo federal, tenha acesso à TV digital gratuita. Os kits são compostos por uma antena UHF e um conversor com controle remoto.

Para saber se pode retirar um kit gratuito, basta consultar o sitehttp://www.sejadigital.com.br/site/kit.

É preciso informar o NIS (Número de Identificação Social) ou o CPF. Se a distribuição já tiver começado em sua região e seu nome estiver na lista, é possível agendar o horário para retirar okit.

TV paga e parabólica
Quem tem o serviço de TV por assinatura ou parabólica não precisa fazer adaptações para receber o sinal digital. No entanto, por falta de acordo entre as operadoras de TV por assinatura e as emissoras SBT, Record e Rede TV!, esses três canais não estarão disponíveis na TV paga, nos locais onde o sinal aberto já foi desligado, mas podem ser sintonizados pelo sinal digital.|Informações do agenciabrasil e seja digital

Leia mais notícias em  RL News

Nenhum comentário:

Postar um comentário