Bahia Solidária.

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Caco Barcellos é agredido por manifestantes em frente à Alerj

RIO — O repórter da TV Globo Caco Barcellos foi agredido por manifestantes agora há pouco em frente à Alerj.

 O jornalista estava perto da grade instalada em volta da Assembleia quando começou a ser hostilizado. 

Ele se afastou, mas foi perseguido por um grupo que atirou uma garrafa cheia de água em sua cabeça. Também lançaram um cone de controle contra o repórter, que levou chutes. Com a ajuda de dois policiais militares, Caco Barcellos correu até a entrada dos fundos do Fórum, onde conseguiu se abrigar.

Mais cedo, um repórter do GLOBO havia acabado de fazer uma transmissão ao vivo do protesto na página do jornal no Facebook, quando foi agredido por um dos manifestantes. Vestido com uma camisa azul, o homem tentou agredir o repórter, que mexia no celular e conseguiu se esquivar do soco. Ao correr, um outro manifestante deu um chute em sua perna. O repórter perdeu seus óculos.

 Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. Fonte/o globo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário