sábado, 23 de julho de 2016

Nelson Pelegrino é exonerado da Setur e inicia troca de cadeiras em Brasília

A exoneração de Nelson Pelegrino (PT) da Secretaria de Turismo foi publicada neste sábado (23) no Diário Oficial do Estado. A vaga será ocupada pelo presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens na Bahia (Abav), José Alves, como antecipado pelo Bocão News, após uma longa novela que teve início no primeiro ano de gestão do governador Rui Costa. Com isso, Pelegrino retorna a Câmara dos Deputados, na próxima semana, e inicia uma troca de cadeiras.
Davidson Magalhães (PCdoB) ocupou uma cadeira da Câmara quando Pelegrino tornou-se secretário. Desta vez, volta à suplência. Já José Rocha, um dos cotados para a vaga se mantém na Casa.
Contudo, nem tudo foi tão tranquilo como parece. O petista teria ficado bastante chateado com a exoneração, mesmo sabendo que a vaga era do PR desde o início da gestão. De acordo com o blog Chico Andrade, o clima ficou tenso, nesta sexta-feira (22), durante abertura do festival do chocolate em Ilhéus. Segundo a publicação, Pelegrino ainda participava do evento como secretário oficial quando ficou sabendo pela imprensa que sua exoneração seria publicada hoje. Teria ficado bastante irritado por saber que assessores de José Alves já ocupavam salas no evento. Por isso, teria voltado mais cedo na cidade, onde ficaria por mais uma semana.
A reportagem tentou contato com o parlamentar, mas as ligações e mensagens não foram respondidas.Fonte/Bocaonews.

Pelegrino fica furioso após saber de exoneração

Os últimos dias não têm sido de tranquilidade para o deputado federal Nelson Pelegrino. Mesmo sabendo que ocupava a cadeira de secretário de Turismo por pouco tempo, o parlamentar licenciado ficou furioso ao saber que sua exoneração seria publicada no Diário Oficial do Estado neste sábado (23). Em Ilhéus, participou nesta sexta do festival do chocolate e, de acordo com o blog Chico Andrade, o petista ficou extremamente irritado ao saber pela imprensa da exoneração.
Segundo a publicação, Pelegrino saboreava chocolates produzidos em Ilhéus e em outros municípios da região cacaueira quando soube da notícia de que estava exonerado. Pior, que assessores do novo secretário de Turismo, José Alves, indicado pelo deputado José Carlos Araújo, do PR, já estavam ocupando salas e dando as cartas no turismo baiano.
Pelegrino ficaria por mais alguns dias em Ilhéus e possuía uma agenda a ser cumprida que incluía algumas atividades no próprio festival. Irritado após ser exonerado, voltou mais cedo que o previsto para Salvador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário