terça-feira, 31 de maio de 2016

Procurado pela polícia mantém mulher grávida em cárcere privado em Porto de Sauípe.

Criminoso deixou local em uma maca (Foto: G1 Bahia)Um homem procurado pela polícia, por suspeita de crimes como roubo, assalto a banco e homicídio, manteve a mulher grávida em cárcere privado por mais de 19 horas na manhã desta terça-feira (31), em Porto de Sauípe, Litoral Norte da Bahia.
A vítima, uma jovem de 20 anos, que está no oitavo mês de gestação, foi liberada durante força-tarefa realizada pela polícia. Ela não sofreu ferimentos, mas, de acordo com a polícia, precisou ser levada para um hospital por conta da perda de líquido e por apresentar sangramentos por causa da gravidez. Não há informações sobre o estado de saúde dela e nem para onde ela foi encaminhada.
Acesso ao local onde ocorreu o crime  (Foto: G1 Bahia)Ação policial para libertar mulher grávida em Porto de Sauípe (Foto: G1 Bahia)Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), a jovem mantida réfem tem passagens pela polícia por porte ilegal de armas e colete balístico. Ela será investigada por possível participação nos crimes do companheiro, informou a Secretaria.
O homem, identificado como, Juarez Nascimento dos Santos Júnior, 29 anos, e conhecido como Cipan, se entregou por volta das 10h30 e foi retirado em uma maca. O criminoso exigiu a presença da imprensa, de um advogado e de médicos antes de se render. Juarez foi levado para a Delegacia de Entre Rios, onde presta depoimento.


Fuga e cárcere
Cárcere privado em Porto de Sauípe (Foto: G1 Bahia)

A polícia localizou o criminoso na segunda-feira (30), depois de uma investigação feita pelo serviço de inteligência, que durou cerca de dois anos. Quando a polícia chegou ao local para efetuar a prisão, o suspeito disparou contra os policiais e fugiu para dentro da casa. Ele foi ferido por um tiro na perna.
A residência onde o crime aconteceu fica em uma área com acesso por uma estrada de terra. Duas equipes do Samu ficaram a postos durante todo o trabalho da polícia. A ação envolveu, o Batalhão de Operações Especiais da PM (Bope) e outras equipes policiais especializadas.
Ação policial para libertar mulher grávida em Porto de Sauípe (Foto: G1 Bahia)Segundo a polícia, a vítima começou a ser mantida em cárcere por volta das 16h de segunda-feira e a negociação com o criminoso começou cerca de duas horas e meia depois. Durante as conversas, o homem chegou a entregar uma das armas para os policiais.
Ação policial para libertar mulher grávida em Porto de Sauípe (Foto: G1 Bahia)Por volta das 10h30 desta terça, a mulher deixou a segunda arma do bandido na porta da casa e pediu que o advogado entrasse no local. A polícia, então, agiu e prendeu o criminoso.
Em nota, a SSP informou que o criminoso já foi condenado por tráfico de drogas e cumpria a pena regime aberto, benefício concedido em 2012. Conforme informou a SSP, nos últimos dois anos, Juarez foi responsável por diversos assaltos a bancos na Bahia.
Ele fazia parte de um quadrilha especializada no crime, que já atuou em cidades como Gandu, Tancredo Neves e Camumu. Também foram atribuídos a ele o sequestro de um empresário em Ipiaú e um assalto a uma agência dos Correios, em Grapiúna.Fonte/G1.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário