quinta-feira, 5 de maio de 2016

Prefeito rejeita mudança no nome do Circuito Dodô e anuncia homenagem

Prefeito fez anúncio durante inauguração de via em Salvador (Foto: Juliana Almirante/ G1 Bahia)O prefeito de Salvador ACM Neto afirmou, na manhã desta quinta-feira (5), que não aprova a proposta de mudar o nome do Circuito Dodô (Barra-Ondina), do Carnaval de Salvador, para Circuito Daniela Mercury, reconhecendo a decisão do Conselho do Carnaval. Neto disse que prestará homenagem à cantora baiana nomeando a Praça Cayru, bairro do Comércio, durante os festejos do Réveillon, de "Arena Daniela Mercury".
"O Comcar já tinha se manifestado contra a alteração do nome. Eu sugiro uma solução de consenso. Todo o circuito do Réveillon, que já está na tradição da cidade, vai se chamar Daniela Mercury", afirmou o prefeito.
ACM Neto comentou o assunto durante o evento de inauguração da Rua Doutor Eduardo Dotto, que liga os trechos de orla de São Tomé de Paripe e Tubarão, no Subúrbio Ferroviário de Salvador. A via foi entregue após requalificação realizada pela prefeitura.
Caso
O Conselho do Carnaval (Comcar) decidiu, em reunião na noite de terça-feira, rejeitar o conteúdo do projeto de lei que propõe a mudança de nome do circuito da Barra do Carnaval de Salvador, o “Dodô”, para “Daniela Mercury”. O Concar é formado por 31 membros, entre representantes do Governo do Estado, da Prefeitura de Salvador, Fundação Cultural, entidades carnavalescas, associação de blocos.
O presidente do Conselho, Pedro Costa, disse que a decisão de rejeição da medida foi unânime entre os membros. “Reconhecendo o prestígio e valor que Daniela tem, ela é merecedora de homenagens, mas não é justo mudar o nome de Dodô, que é um ícone no carnaval do país”, justificou.
Daniela Mercury na Barra (Foto: Márcio Reis /Ag Haack)Costa lembra que a Lei Orgânica do Município diz que quem delibera sobre o carnaval de Salvador é o conselho da cidade. “A vereadora [Vânia Galvão] poderia ter ouvido o conselho para estabelecer uma discussão.  É a forma mais democrática de decidir sobre o carnaval”, afirmou.
O projeto de indicação para mudança no nome do circuito de Dodô para Daniela Mercury foi aprovado na semana passada na Câmara de Vereadores.
Votação na Câmara

Os vereadores da capital baiana aprovaram, na quarta-feira (27), o projeto que altera para Daniela Mercury o nome do trajeto dos trios no circuito Barra-Ondina, que leva o nome de Dodô, um dos criados do trio elétrico.
A proposta de mudança do nome do circuito é da vereadora Vânia Galvão (PT), que durante sessão defendeu o pioneirismo da cantora baiana no circuito Barra-Ondina e destacou a ausência de nomes de mulheres nos espaços oficias do carnaval de Salvador.

O projeto aprovado pelos vereadores propôs que o circuito Osmar, que fica entre Campo Grande e a Praça Castro Alves, tenha o nome de Dodô agregado ao título. A ideia é que o circuito passasse a se chamar "Dodô e Osmar".
Ao saber da votação, Daniela Mercury disse que ficou feliz com a homenagem e com o reconhecimento pelo seu trabalho como artista, e por ter sido uma das primeiras a apostar no carnaval da Barra-Ondina.
Adolfo Antônio Nascimento (Dodô) e Osmar Álvares de Macedo (Osmar) são conhecidos como os criadores do trio elétrico.
Em entrevista ao G1, Carlos Nascimento, neto de Dodô, disse que a família do músico recebeu com indignação a votação dos vereadores da capital que aprovou a troca do título do trajeto de trios para Daniela Mercury.
Dodô e Osmar no final da década de 1970. (Foto: Família Macedo / Arquivo Pessoal)Responsável pelo projeto DNA Dodô, que resgata a história de um dos criadores do trio elétrico, Carlos Nascimento afirma que o posicionamento da família não é contrário à cantora Daniela Mercury, mas em defesa de um legado histórico.
O circuito Dodô, que fica entre os bairros da Barra e Ondina, foi criado em 1992. O trajeto de trios passou a ser chamado oficialmente de Dodô em 1997. Adolfo Antônio Nascimento, que dá nome ao circuito, morreu em 1978 e completaria um século de vida em 2013.Fonte/G1.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário