quarta-feira, 13 de abril de 2016

Impeachment: comando da PM se reúne para definir segurança de domingo na Barra

 
Domingo, dia 17 de abril, será um dia histórico para o país. Marcando o Dia D da política brasileira, será no domingo, a partir das 14h, que o plenário da Câmara irá decidir pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Com isso, movimentos pró e contra Dilma já estão acampados em Brasília, na frente do Congresso Nacional e, em Salvador, ações já estão marcadas. Na sexta, petistas e militantes irão se reunir às 15h, no Campo Grande, Centro da capital baiana.
 
Já no domingo, tanto os pró como os contra impeachment irão se reunir na Barra, a partir das 9h.  No local terá um talão para que os manifestantes possam coampanhar a votação. Tanto militantes petistas quanto o Movimento Brasil Livre (MBL) já confirmaram presença no local. 
 
Na manhã desta quarta-feira (13), o Major Assemany, que é comandante da área, afirmou em entrevista à Rádio Metrópole, com José Eduardo, que hoje haverá uma reunião do Comando da PM para discutir as estratégias de segurança para o dia. "Iremos nos posicionar e definir a segurança. Lembrando que todos têm o direito de se manifestar", ressaltou, informando que cerca de 300 policiais devem fazer a segurança. "Ainda vamos ver que estratégias adotaremos, mas pelas últimas manifestações não houve nenhuma ocorrência e foram todas pacíficas", salientiou.
 
O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), acertou com líderes dos partidos políticos que a votação do impeachment de Dilma Rousseff começará às 14h deste domingo (17). A expectativa é a de que o resultado seja conhecido entre 21h e 22h.Fonte/Bocãonews.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário