segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

GOVERNO DA DESTRUIÇÃO DISPENSA SEU CHEFE DE GABINETE

Na sexta feira dia 29 o prefeito Benony Leys dispensou o seu chefe de gabinete João Ferreira.

Alegando que João não somava na gestão, sendo que na realidade não foi nada do que divulgaram nas redes sócias, foi porque o chefe de gabinete se negou a assumir duas secretarias sendo a secretaria de agricultura e se afastando de ser chefe de gabinete, por isso ele disse que ele não servia para seu governo.

 João foi uma das pessoas que estava sempre presente nas realizações festiva de sua casa e era uma pessoa que sempre estava presente em eventos públicos e ações politicas. Segui o seu governo desde campanhas politicas e hoje e tratado com uma pessoa sem utilidade.

Por isso a população Inhambupense não espere melhoria por que vocês já viram pra que veio este governo.

Um governo que três anos exonerou cinco secretarias que eram pessoas que tinha muito a fazer pelo seu município, eles deixaram seus cargos por não ter liberdade para trabalhar com isso agora quem ficar na gestão são pessoas que vieram de outro município nem votaram nele mais ele diz que são de confiança e eles iram fazer mudança no fim de governo para dizer que fizeram alguma coisa, mais na realidade, nada disso saúde mostrando que tão fazendo um faxina nos posto de saúde, mais não ver que nos posto não tem medicamentos, funcionários demitidos, Samu a mais de quarenta dias sem funcionar.

Então diga e assim que a saúde esta melhorando.

A pessoa que era pra mudar a saúde teve que entregar o seu cargo por não ter o direito de assume sua pasta. Responde se um governo que melhora pra esse município, mais as pessoas que estão ficando são pessoas de sua confiança, não sabendo que tão levando pra o fundo do poço.

Veja a propaganda que este governo prometia na campanha, mim responda qual dessa publicação foram realizada para reconstruir Inhambupe, mais na verdade tudo não passou de uma farsa este e o governo da destruição. Aguarde a próxima noticia.



Nenhum comentário:

Postar um comentário