quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Pastor é capturado e nega crime contra pastora em Conquista

Por volta das 23h desta terça-feira (26), o pastor Edimar Santos Brito, de 37 anos, chegou ao Distrito Integrado de Segurança Pública de Vitória da Conquista, após passar sete dias foragido. O religioso é apontado como responsável pelo sequestro e morte da pastora Marcilene Oliveira Sampaio, e sua prima, Ana Cristina Sampaio. Ele foi encontrado pela polícia em Ibicuí, na casa de um irmão.
 
De acordo com o Blog do Anderson, Edimar negou participação no crime. “Eu não mandei, não fiz, eu não tenho nada a declarar”, disse, afirmando que só irá se pronunciar em juízo. 
 
A polícia suspeita que Edimar tenha cometido o crime por vingança, pois Marcilene e o marido, o pastor Carlos Eduardo de Souza, que também foi violentado, abririam um novo templo. Dois homens suspeitos pelos crimes estão detidos no Presídio Advogado Nilton Gonçalves.Fonte/bocaonews

Nenhum comentário:

Postar um comentário