sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Jovens expulsam família de imóvel na BA e criam ponto de drogas no local

Três adolescentes, com idades entre 15 e 16 anos, foram apreendidos após expulsarem uma família de um apartamento do residencial Asa Branca 5, que faz parte do programa Minha Casa Minha Vida, em Feira de Santana, cidade a cerca de 100 km de Salvador.

Arma, drogas e dinheiro encontrados com os adolescentes no imóvel em Feira de Santana (Foto: Divulgação/ Polícia Militar)De acordo com a polícia, os suspeitos tinham o objetivo de transformar o local em um ponto de vendas de drogas. O caso ocorreu na quarta-feira (18) e chegou ao conhecimento da PM através da denúncia da família.
"Um homem com a esposa e três filhos pequenos chegaram aqui e disseram: 'Major, eles invadiram nossa casa e disseram para sairmos'. A família chegou aqui com uma trouxa de roupa na mão. Eles ficaram com medo e procuraram a polícia. Esses três menores costumam nos dar trabalho. Um deles, conhecido como Diabo Loiro, de 15 anos, já foi apreendido mais de 20 vezes", relatou o major Lobão.
Conforme o major, após receber a denúncia, policiais foram ao local e encontraram os adolescentes, que portavam maconha, dinheiro e uma escopeta. Eles foram encaminhados à Delegacia do Adolescente Infrator (DAI), em Feira de Santana. O G1 tentou contato com a delegacia para saber como está a situação dos adolescentes, mas não obteve retorno. Após a operação policial, a família retornou à residência, com escolta da PM.
De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Sedur), responsável por unidades do Minha Casa Minha Vida no estado, a segurança das residências cabe à empreiteira até a entrega do imóvel. Após à inauguração, a responsabilidade fica a cargo do Governo do Estado, via Secretaria de Segurança Pública (SSP).
Ainda segundo a Sedur, alguns empreendimentos têm sido alvos de pontuais ocupações irregulares, contudo o governo, juntamente com uma força-tarefa de Brasília, têm analisado medidas para intensificar a segurança nas residências do programa.Fonte/G1.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário