quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Curso prático sobre manejo, equitação e exercícios para o cavalo é realizado pela 1ª vez na região


 O Centro de Equoterapia da ABECRIN, situado na Fazenda Lagoa Seca, no Município Inhambupe, realizou em parceria com a Universidade do Cavalo, de Sorocaba (SP), o Curso Prático para Profissionais do Cavalo, onde os participantes tiveram aulas sobre manejo, equitação e exercícios para o cavalo de esporte e lazer, e também os que trabalham com terapia assistida. 

O curso foi realizado nos dias 15 e 16 de agosto (sábado e domingo) na sede da referida Fazenda.
Foram 25 participantes de diversas cidades: Salvador, Feira de Santana, Alagoinhas, Entre Rios, Aporá e Inhambupe. 
.
Segundo João Batista dos Santos, empresário residente em Itamira - Aporá, e um dos participantes, "Aprendemos a entender o comportamento biológico do cavalo no seu hábitat natural (presa), como se comportar diante da reação dele, como cuidar de forma natural e racional, alimentação, cuidados com os cascos, baias, arreios, selas e seus diversos tipos e modelos, os tipos de embocaduras e suas funcionalidades, exercícios etc... Além de como montar de forma correta, postura, tornando confortável a montaria, proporcionando conforto para ambos e melhores desempenhos do seu cavalo, tratar o cavalo de forma racional, sem agredir, sem machucar”, disse sobre o curso.

O curso foi ministrado por Aluísio Marins, realizando seu primeiro trabalho na Bahia, o mesmo é idealizador e diretor da Universidade do Cavalo, médico veterinário formado pela Universidade de Marília 1996. Aluísio Marins realiza trabalhos internacionais, é cavaleiro de diversas modalidades, entre elas salto, concurso completo de equitação, equitação de trabalho, polo, laço, etc, ele trabalha com doma e treinamento de cavalos para cavaleiros amadores de qualquer modalidade, sendo um dos mais reconhecidos profissionais no Brasil na área de comportamento natural de cavalos.

A idealizadora do curso foi Leila Matos, detentora do curso de Horsemanship e comportamento natural do cavalo e única mulher na Bahia certificada no Curso de Doma Inteligente pela Universidade do Cavalo, filha de Alberto Matos e presidente da ABECRIN, onde o seu Centro de Equoterapia que começou as atividades em março de 2014, atende diversas crianças e pessoas com deficiência.

De acordo com Leila, a Equoterapia é uma atividade que apresenta resultados significativos, melhorando a qualidade de vida, ampliando a sociabilidade e a autoestima dos praticantes. 




A ANDE-BRASIL define a Equoterapia como um método terapêutico que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência e/ou com necessidades especiais. A atividade emprega o cavalo como agente promotor de ganhos a nível físico e psíquico.

Ainda segundo a entidade, a equoterapia exige a participação do corpo inteiro, contribuindo, assim, para o desenvolvimento da força muscular, relaxamento, conscientização do próprio corpo e aperfeiçoamento da coordenação motora e do equilíbrio. A interação com o cavalo, incluindo os primeiros contatos, os cuidados preliminares, o ato de montar e o manuseio final desenvolvem, ainda, novas formas de socialização, autoconfiança e autoestima.

Leila destaca ainda que o Centro de Equoterapia da Fazenda Lagoa Seca é uma entidade independente ligada à ABECRIN, organização não-governamental mantida por seu pai, Alberto Fonseca Matos, há mais de 20 anos.

O Curso Prático para Profissionais do Cavalo teve custo de inscrição, pago por cada participante. Dando continuidade ao trabalho já tem data fixa para o próximo curso que será de Doma, o mesmo será realizado de 18 a 22 de novembro 2015. Maiores informações pelos telefones: 75 9912 1062, 71 9921 1062 e 75 3431 2335 ou e-mail: associacaoabecrin@gmail.com Fonte/entre rios noticia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário