sábado, 25 de julho de 2015

Lula diz estar cansado de ‘mentiras e safadezas’ e elogia caráter de Dilma

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou na noite desta sexta-feira (24) que está “cansado de mentiras e safadezas” e comparou a crise do governo e do PT à perseguição dos nazistas perseguindo os judeus.
 De acordo com publicação do jornal O Globo, para Lula, as pessoas “que se diziam democráticas” ainda não aceitaram o resultado das eleições do ano passado e estão perseguindo a presidente Dilma Rousseff.
“Eu quero dizer para vocês que eu estou cansado de mentiras e safadezas.
 Eu estou cansado de agressões à primeira mulher que governa esse país. Eu estou cansado de ver o tipo de perseguição e o tipo de criminalização que tentam fazer às esquerdas nesse país”, afirmou o ex-presidente
. A declaração foi dada durante discurso, de pouco mais de 20 minutos, realizado na posse do novo presidente do sindicato dos bancários do ABC, Belmiro Moreira, em Santo André, região do ABC paulista.
“Eu tenho a impressão que muitas vezes a gente vê na televisão, parece os nazistas criminalizando os judeus, os romanos criminalizando os cristãos, os fascistas criminalizando o povo italiano. Parece tantas outras perseguições que a gente já viu”, completou.
À plateia de cerca de 200 pessoas, em sua grande maioria formada de sindicalistas, Lula disse que é preciso conscientizar e educar a população para que ela saiba compreender os momentos de crise. “Cada vez mais as coisas pioram para nós, jogamos a culpa no governo. É mais fácil. A gente tem que encontrar alguém para jogar a culpa”, disse.
Apesar de um discurso rápido para os padrões de Lula, de voz rouca e do tom apático, o ex-presidente tentou passar confiança: Eu quero dizer para todas as pessoas que estão descrentes, que acham que o mundo vai acabar, que está vivendo uma crise, que não há um momento na história desse país que não tivemos uma crise”.
Lula, que recentemente fez críticas duras à presidente, elogiou nesta sexta o caráter e a dignidade de Dilma. “Neste pais não há razão para ter medo do futuro porque tem uma mulher da maior dignidade governando esse país.
 Não tem pessoa com o caráter mais forte do que a Dilma. Ela está sendo vítima de uma conjuntura que está prejudicando chineses, alemães, americanos”, afirma.
O que Lula ainda terá que se preocupar é com as declarações do executivo da OAS, Léo Pinheiro,publicadas na revista Veja deste sábado.Fonte/Bocão News.

Nenhum comentário:

Postar um comentário