quarta-feira, 22 de julho de 2015

INHAMBUPE EM LUTO




Em decorrência do falecimento do ex-prefeito de Inhambupe Zenor das Virgens Silva (conhecido popularmente como Branquinho), o prefeito Benoni Leys decreta luto oficial por três dias e ponto facultativo nessa quarta-feira (dia 22) nos órgãos públicos municipais, com exceção dos serviços e atividades considerados essenciais, como as áreas da Saúde, coleta e lixo urbano e segurança pública.
 Ao lamentar o ocorrido, o prefeito disse que o município perdeu um dos seus mais ilustres moradores.

Seu Branquinho foi prefeito na cidade por três mandatos (1950, 1958 e 1973) nos últimos anos vinha se dedicando ao comércio.

 “Ele foi um grande comerciante e excelente pai de família, uma verdadeira autoridade em nossa cidade”, disse a secretária de Saúde Wilma Vergasta. Dois netos de Seu Branquinho, Geraldo Antonio e Patrícia, trabalham para a Secretaria de Saúde municipal como fonoaudiólogo e enfermeira, respectivamente.

Ele deixou ainda seis filhos, os comerciantes Paulo, Rogério, Jorge, Escócia, Zenor Filho e Pedro de Branquinho, este último advogado. E também os netos Maurício, Zenor e Zenor Neto. O corpo está sendo velado na residência do falecido, na Praça da Matriz, em frente á igreja e deverá ser enterrado no final da tarde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário