Pular para o conteúdo principal

Organizadores dos protestos de rua entregam carta ao Congresso

Integrante do movimento Vem pra Rua lê carta de reivindicação na rampa de um dos anexos do Congresso Nacional (Foto: Nathalia Passarinho/G1)Integrantes de seis movimentos que organizaram os protestos do último domingo (12) contra o governo da presidente Dilma Rousseff protocolaram nesta quarta-feira (15) na Câmara e no Senado carta aberta com reivindicações que vão de abertura de impeachment da chefe do Executivo ao fim da reeleição.

 A leitura do documento foi feita por representantes de seis grupos, entre os quais os movimentos Vem pra Rua e Diferença Brasil.

Parlamentares do DEM, PPS, PMDB e PSDB acompanharam a leitura. A assessoria do senador Aécio Neves (PSDB-MG), presidente nacional do PSDB, informou que ele se reunirá com representantes dos movimentos às 14h30, no Senado.
“O Brasil não suporta mais o amadorismo, o clientelismo da máquina pública. No campo da moralidade, a ética desapareceu. O PT teve 13 anos para mudar o Brasil. O povo brasileiro, desrespeitado e inconformado quer dar um basta a esse estilo ilegal e antiético de governar”, diz um trecho da carta apresentada aos parlamentares.Entre os pedidos dos movimentos está a aprovação de penas mais severas para o crime de corrupção, abertura de investigação contra Dilma no Supremo Tribunal Federal (STF), apreciação com ‘transparência’ dos pedidos de impeachment contra a presidente e o afastamento do ministro Dias Toffoli, do STF.
Presente à leitura da carta, o líder do DEM, Mendonça Filho (PE), disse que ainda é preciso analisar se existem “razões jurídicas” para um impeachment da presidente da República. Ele ressaltou, porém, que é preciso estar “aberto” aos pedidos dos movimentos.
“É uma iniciativa importante e o Congresso Nacional tem que esta aberto a ouvir as reivindicações. Quanto ao impeachment, existem dois aspectos a considerar. O apelo popular e a parte jurídica. É preciso verificar se existem razões jurídicas para isso”, afirmou.
O deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS) disse considerar que o movimento contrário ao governo Dilma está “ganhando força”. “O impeachment está chegando, sim. No domingo, houve menos gente nas ruas, mas houve mais foco”, declarou.
Veja a íntegra das reivindicações apresentadas pelos movimentos:
Enfrentamento real da corrupção da corrupção, através do fim da impunidade- Aprovar as 10 medidas de combate à corrupção apresentadas pelo Ministério Público Federal. Submeter acordos de leniência de empresas envolvidas na Lava Jato ao Ministério Público Federal. 
Aumentar a pena dos crimes de corrupção. Indicar servidores públicos de carreira para Tribunal Superior Eleitora, o Supremo Tribunal Federal e o Superior Tribunal de Justiça, com prazo de mandato estabelecido. Implementar eleições diretas para escolha dos procuradores gerais. 
Afastar o ministro José Dias Toffoli do STF e do TSE por não atender ao critério de imparcialidadePedir ao STF e à PGR abertura de investigação por crime comum de Dilma Rousseff e apreciar com transparência pedidos de impeachment apresentados ao CongressoChoque de ordem na gestão pública: Abertura dos empréstimos concedidos pelo BNDES e impedir empréstimos do banco ao exterior; Exigir revalida de todos os médicos estrangeiros atuando no Brasil. 
Reduzir e otimizar impostos.
Educação: Fim da doutrinação ideológica e partidárias nas escolas do país.
Ajustes no processo político-eleitoral: Eleições com registro impressos dos votos, auditáveis por partidos e empresas. Fim do financiamento público de campanha. Mandato único, pondo fim à reeleição.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Programa de monitoria estudantil na rede estadual tem inscrições prorrogadas até 4 de abril

Já os habilitados, com inscrições realizadas até sexta-feira (26), começam a atuar como monitores na próxima segunda-feira (29). Estão prorrogadas até o dia 4 de abril as inscrições para o processo de seleção dos estudantes para o Programa Mais Estudo. Já os habilitados,  com inscrições realizadas até sexta-feira (26) , começam a atuar como monitores na próxima segunda-feira (29). Para saber se está habilitado para participar da monitoria, os estudantes devem entrar em contato com a equipe gestora ou coordenação pedagógica da unidade escolar em que estuda. Os estudantes selecionados vão atuar como monitores de Língua Portuguesa, Matemática e Educação Científica, contribuindo para a aprendizagem dos colegas, durante o ano letivo 2020/21. São oferecidas duas vagas de monitoria por turma em todas as unidades escolares da rede estadual e os selecionados receberão uma bolsa de R$ 100, durante o período de vinculação ao Programa. Para participar, o estudante deve possuir Cadastro de Pessoa F

Casa que vendia fogos de artifício explode e deixa feridos em Crisópolis

  Um imóvel onde funcionava uma revenda de fogos de artifício explodiu em Crisópolis, cidade a cerca de 212 Km de Salvador, na tarde desta quarta-feira (14). Conforme o coordenador do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Ivan Paiva, ao menos 10 pessoas ficaram feridas. De acordo com os Bombeiros, o imóvel estava localizado na Avenida Nelson Santiago, uma das principais da cidade. A explosão atingiu outras três casas ao lado.  Duas delas ficaram completamente destruídas e uma ficou em chamas . Segundo Ivan Paiva, 10 pessoas ficaram feridas, duas seguem nos escombros e duas foram transferidas para unidades de saúde em Salvador. O Samu analisa se será necessário o apoio do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer). O morador da cidade, Rafael Nascimento, afirmou que o caso aconteceu por volta das 16h30 e em cima da loja tinha uma casa, que era do dono da loja. Rafael Nascimento também contou que algumas pessoas ficaram feridas após a explosão e os fios de energia elétrica da

Secretário de Infraestrutura de Inhambupe morre vítima da Covid-19

  O Secretário Municipal  de Infraestrutura  e Serviços Públicos  do município de Inhambupe, José Renato Santos Silva, morreu nesta terça (25) no  Hospital Metropolitano de Lauro de Freitas , por complicações da Covid-19. Renato apresentou sintomas da Covid-19 e estava internado desde a última semana no HACM de Inhambupe e no dia 19 foi transferido, já entubado,  em uma  Samu de suporte avançada para Lauro de Freitas,  onde lamentavelmente perdeu a batalha para o vírus.   Ele foi  Coordenado de Transporte da Secretaria Municipal de Educação estava a frente da pasta da  Secretaria Municipal  de Infraestrutura  e Serviços Públicos. A Prefeitura Municipal e Câmara publicaram nota de pesar. O enterro será às 16h no Cemitério local. Fonte\ronaldoleite.