segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Furdunço fez prévia animada do Carnaval na Barra

 Salvador deve oficializar o abre-alas de Carnaval no domingo que antecede o início da folia baiana. Neste domingo, 8, 27 atrações, como Armandinho, Malê Debalê, Estakazero, Mil Milhas e Adão Negro, já animavam baianos e turistas na Barra, no desfile do Furdunço, quatro dias antes do início da folia, na próxima quarta-feira.
A festa começou no início da tarde e foi ganhando cada vez mais foliões, que se concentraram na Barra, à espera das atrações que fizeram o percurso inverso ao do Carnaval, vindo de Ondina até o Farol.
De acordo com dados da Secretaria de Turismo, cerca de 100 mil pessoas acompanharam o desfile dos minitrios e das bandas de fanfarra e percussão. Do rock à axé music, passando pelo sertanejo e arrocha, havia atrações musicais para todos os gostos.
Muitos grupos de amigos também improvisaram blocos de corda com bandas de sopro e percussão, completando um total de 40 manifestações no desfile do Furdunço, conforme estimativas divulgadas pela Prefeitura.Ambulantes nas ruas, bares lotados, foliões ansiosos aguardando pelos acordes que apontavam na Avenida Oceânica, todos num clima de ansiedade para a folia, já marcando uma das maiores festas de abre-alas do país.
"Nossa ideia é transformar o domingo antes da folia como a abertura oficial do Carnaval no Brasil, movimentando a economia local", afirmou o prefeito ACM Neto, que acompanhou o movimento na Barra.
Na sexta-feira, a banda do bar Habeas Copos já havia feito um desfile, já no clima de euforia que toma conta da Barra.
"Menos aperto"
"É um Carnaval mais tranquilo. Daí porque aproveito a antecipação na Barra e, nos dias de folia mesmo, viajo", afirmou a vendedora Gysela Marques, moradora do Rio Vermelho.Já a comerciária Emanuele Dias, turista de Maceió (Alagoas), foi pega de surpresa: "Infelizmente, não teremos como passar o Carnaval em Salvador e, quando viemos para a praia, vimos esta mostra maravilhosa da festa, sem cordas e com menos aperto", disse ela, que estava acompanhada do marido, enviando fotos para as redes sociais.
Até o início da noite, o estande da central de operações da Polícia Militar  na Barra "só havia registro de pequenos furtos e agressões leves", como informou o capitão Valney, que chefiava a tropa. No posto médico, até o mesmo horário, não havia casos de maior gravidade.
Faltou Petrobras
"É o Carnaval de rua, que deve ser resgatado com mais força neste ano em que todos aguardam por uma renovação da folia baiana", declarou o prefeito ACM Neto, em entrevista coletiva. Ele ainda informou que, durante o Carnaval, a Barra contará com um DJ para animar os foliões de rua, entre uma atração e outra.Neto ainda lamentou  não ter podido contar com o patrocínio da Petrobras. "É uma pena que, ao invés de investir em coisas boas, como o Carnaval da Bahia, a empresa tenha gasto tanto dinheiro para corrupção".

Nenhum comentário:

Postar um comentário