quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Projeto Leitura e Escrita movimenta Centro de Convenções e Cultural de Inhambupe

   Os 709 alunos da Escola Municipal Dr. Luís Coelho participaram durante todo o dia dessa terça-feira (dia 4) do Projeto Leitura e Escrita, no Centro de Convenções e Cultura de Inhambupe que contou, entre as atrações, com apresentações musicais, peças de teatro, literatura de cordel, paródia e palestra. O evento atraiu a atenção de pessoas não só ligadas à educação no município, mas ao público de uma forma geral.O evento foi aberto e finalizado com músicas tocadas pela aluna Alessandra Souza, entre elas o Hino Nacional. Duas peças teatrais, o conto humorístico “Caso no espelho” e “A carta e o índio”, além da apresentação teatral “Vandalismo” também fizeram parte do espetáculo, que contou ainda as apresentações da paródia “Jeito carinhoso” e da literatura de cordel “Vidas secas”, do escritor cordelista Antônio Soares e da palestra da professora mestre Luzinete Figueiredo.
       De acordo com a vice-diretora da escola, Bartira Alcântara, o objetivo do projeto é despertar a importância da educação para a vida e, nesse aspecto, saber ler e escrever bem é fundamental para se dar bem na vida. Ela lembrou que os alunos geralmente têm dificuldade em ler e escrever o português formal e sua expectativa é de que os alunos passem a ter gosto pela leitura. Mas não para por aí. Ela antecipou que o projeto vai continuar nas escolas do município, sendo escolhido um tema diferente, a cada semana, para ser levado em sala de aula para discussão entre os alunos. “Essas discussões são muito importantes, pois escolheremos textos escritos nas redes sociais pelos alunos, para avaliarmos à luz do português falado por eles e os discutirmos em sala”, lembrando que outros projetos realizados pela Secretaria de Educação anteriormente, como a Feira da Palavra e o da Copa do Mundo trouxeram reflexos importantes para a educação em Inhambupe.








Nenhum comentário:

Postar um comentário