quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Ação Social leva oficinas terapêuticas e serviços de beleza ao povoado de Mulunguzinho

O povoado de Mulunguzinho, na zona rural de Inhambupe, viveu nessa quinta-feira (dia 18) um dia de Ação Social, com a realização de oficinas terapêuticas e serviços de beleza, que atraíram dezenas de mulheres e crianças, adultos e idosos, para participar dos serviços de manicure, pedicure e cabeleireira, convivência e atividades lúdicas para crianças, oferecidos pela Prefeitura Municipal, por intermédio do Departamento da Mulher, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS).
Um total de 36 alunas dos cursos de cabeleireiro e manicure promovidos pela Semas e as orientadoras de oficinas teatrais e lúdicas atenderam a mais de 100 mulheres e crianças, das 9h às 15 horas. Essa foi a terceira etapa da Ação Social, que já foi realizada anteriormente nos povoados de Lagoa D´água e Lage. A atividade vai se estender semanalmente até o final de dezembro,

 De acordo com Valda Lima, professora do curso de cabeleireira, a experiência é muito importante para as alunas, uma vez que a cidade não oferece muitos empregos e, dessa forma, elas podem aperfeiçoar suas técnicas e se transformarem em excelentes profissionais e até empresárias. Opiniões semelhantes têm as alunas Maria Aparecida e Tatiana da Silva, que vêem nessas atividades uma boa oportunidade de por em prática o que aprendem em sala de aula. “Aqui podemos aprimorar nossos conhecimentos e nos tornarmos profissionais melhores”, destacou Aparecida. “Podemos montar salão de beleza ou atender em domicílio. Há espaço para todos”, completou Tatiana.
  já estando programadas as próximas ações dessa natureza nos povoados de Monte Alegre II e Mandacaru.
O objetivo dessas ações, de acordo com a diretora do Departamento da Mulher, Valdelice Ferreira dos Santos, é de promover uma integração maior com as comunidades rurais, uma vez que as atividades realizadas apenas na sede do município não atendem a toda a população de Inhambupe. “É uma atividade muito gratificante. A comunidade participa ativamente e com isso atingimos resultados satisfatórios não só para os adultos como também para as crianças, que passam um dia diferente da sua rotina”, destacou a diretora.

 A coordenadora do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Departamento da Mulher, Elma Silva, ressaltou que o setor atende cerca de 250 crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos na sede do município e nos povoados de Pedreira e Baixa Grande e um grupo de 80 idosos no CRAS. “Hoje aqui promovemos atividades lúdicas e teatrais, nas quais elas terão oportunidade de desenvolver uma série de habilidades”, avaliou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário