DENTAL MED SUA MELHOR OPÇÃO

DENTAL MED SUA MELHOR OPÇÃO

domingo, 19 de maio de 2019

Santaluz: Cadeirante é morto após ter casa invadida

Um cadeirante de 34 anos, conhecido ‘Licuri’ ou ‘Ni’ foi morto a tiros na manhã deste domingo (19), após ter a casa invadida, na Avenida Waldir (Rua Nova), no bairro Mãe Rufina, em Santaluz, município localizado a cerca de 271 km de Salvador. 
 As informações são do site Notícias de SantaLuz.Segundo o site, populares informaram que o crime foi cometido por dois indivíduos que chegaram em uma moto, sendo que um deles entrou na residência e efetuou vários disparos contra a vítima, que foi atingida por cerca de três tiros na cabeça e morreu no local.
A vítima utilizava cadeira de rodas desde que foi baleado na cidade de Feira de Santana, em dezembro do ano passado.
De acordo com o Notícias de SantaLuz, em junho de 2017, ele foi considerado pela polícia como suspeito de praticar vários furtos a residências na zona rural dos municípios de Santaluz e Valente, mas não chegou a ser preso pelos crimes. Na época, conforme a Polícia Militar, ele foi acusado por um homem que foi preso por porte de arma de fogo.
Autoria e motivação do crime ainda são desconhecidas.
O corpo de ‘Licuri’ será encaminhado para necropsia no Departamento de Polícia Técnica de Serrinha (DPT), e o caso deve ser investigado pela Polícia Civil.Fonte/varelanoticia.

Presidente do Vitória tem carro apreendido em blitz da Lei Seca

Paulo Carneiro se recusou a soprar o bafômetro e foi autuado pela Transalvador
O presidente do Vitória, Paulo Carneiro, teve o carro apreendido na madrugada do último sábado (18), após ser parado em uma blitz da Lei Seca. O dirigente teria se recusado a soprar o bafômetro e acabou autuado por agentes da Transalvador.
Após a situação, o dirigente deixou o local de táxi. Eleito presidente do Vitória no último dia 24 de abril, Paulo Carneiro voltou ao clube após 14 anos. Neste sábado, o Vitória sofreu mais um revés na Série B ao ser derrotado por 3x1 pelo São Bento, no Barradão.
Na segundona, o rubro-negro venceu apenas um dos quatro jogos que teve e vive situação delicada.Fonte/correio24horas

quarta-feira, 15 de maio de 2019

[Desembargadora vira ré no STJ após queixa-crime do baiano Jean Wyllys]A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) recebeu, nesta quarta-feira (15), a queixa-crime por injúria apresentada pelo ex-deputado federal baiano Jean Wyllys (PSOL-RJ) contra a desembargadora Marília Castro Neves, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ).
 A queixa-crime é a peça inicial da ação penal privada, movida por iniciativa da própria vítima, e não do Ministério Público. Segundo a relatora Nancy Andrighi, o ex-deputado conseguiu demonstrar indícios de que a desembargadora buscou lesar a sua honra.
Jean Wyllys entrou com a queixa-crime em março de 2018, ao tomar conhecimento de uma postagem da desembargadora no Facebook, na qual ela teria sugerido um “paredão profilático” para o parlamentar, “embora não valha a bala que o mate e o pano que limparia a lambança”.Fonte/bocaonews.

Moradora encontra caixão jogado em córrego da Avenida Tancredo Neves; assista

 Uma moradora se surpreendeu ao visualizar um caixão no córrego na Avenida Tancredo Neves, em Salvador. Ao BNews, Viviane Rico contou que percebeu que o caixão estava no local na última sexta-feira (10). "Eu vi o caixão e comecei a filmar pelo Instagram. Estava na varanda e vi. Algumas pessoas começaram a falar que era de papelão, no outro dia um monte de gente me perguntando sobre o caixão e voltei lá pra ver e continuava ali, então não era de papelão porque se fosse de papelão pela chuva [uma forte chuva caiu em salvador na noite de sexta e continuou durante toda a madrugada e manhã de sábado] já tinha desfeito e está lá até hoje", explicou Viviane. 
Procurada pela reportagem, a Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) informou que "tomou conhecimento desse fato inusitado e que uma equipe foi acionada para fazer o recolhimento do material".Fonte/Bocaonews.
Assista ao vídeo:

Alagoinhas: Prefeitura fará novo concurso após suspensão de certame com irregularidades

Alagoinhas: Prefeitura fará novo concurso após suspensão de certame com irregularidadesApós irregularidades apontadas por candidatos e pelo Ministério Público do Estado (MP-BA), a prefeitura de Alagoinhas, no agreste baiano, vai realizar novo concurso público. A informação foi divulgada nesta terça-feira (14). Segundo o G1, candidatos apontaram irregularidades na aplicação das provas aplicadas no dia 14 de abril, e o caso foi denunciado ao Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA).

Conforme a prefeitura, candidatos que queiram ser ressarcidos pelo valor da inscrição pago devem entrar no site da prefeitura a partir do dia 15 de junho para fazer a solicitação, com prazo final em 30 do mesmo mês.  O concurso que foi suspenso oferecia 97 vagas para contratação imediata e 408 para formação de cadastro de reserva. Os salários iniciais variavam de R$ 1.198,47 a R$ 2.715,63.

Entre as irregularidades apontadas foram constatados: falha em recolhimento de celulares dos candidatos, que foram colocados em sacos de verduras, atraso no início das provas, vazamento de questões das provas do turno matutino, ausência de checagem de documentos de investigação dos candidatos, abertura dos envelopes das provas sem testemunhas presentes, entre outras.

A data das provas do novo concurso ainda não foi divulgada pela prefeitura local.Fonte/Bahianoticia.

Ilhéus: Dois ex-presidentes da Câmara são procurados por MP e PF

Ilhéus: Dois ex-presidentes da Câmara são procurados por MP e PFDois ex-presidentes da Câmara de Vereadores de Ilhéus, no litoral sul, são procurados nesta quarta-feira (15) dentro da Operação Xavier (ver aqui e aqui). Os dois vereadores sãoTarcísio Paixão, que comandou a Casa entre 2015 e 2016, e Lukas Paiva, que presidiu o Legislativo local entre 2017 e 2018. Além deles, também são considerados foragidos um servidor da Câmara e um empresário.

A ação cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão após investigações que apontaram fraude em licitações e lavagem de dinheiro. A operação é um desdobramento da "Citrus" (lembre aqui)e é conduzida pelo Ministério Público do Estado, através da 8ª Promotoria de Justiça, e pela Polícia .Federal.Fonte/Bahianoticia

Na última semana, 'O Sétimo Guardião' registra pior audiência da história de novelas das nove

Na última semana, 'O Sétimo Guardião' registra pior audiência da história de novelas das noveNem a última semana de exibição está servindo para elevar a audiência da atual novela das nove da Globo, "O Sétimo Guardião". Na última segunda-feira (31), a trama de Aguinaldo Silva marcou apenas 15,2 pontos na Grande São Paulo, segundo dados do Kantar Ibope. O recorde negativo anterior pertencia a "A Lei do Amor", que cravou 15,3 pontos em 24 de dezembro de 2016. Com esse número, o enredo encabeça a lista do pior resultado de uma novela do horário nobre da emissora platinada.

Segundo o portal Notícias da TV, a história está com média de 30,1 pontos na Grande São Paulo, principal mercado no País. A novela ficou à frente apenas de "Babilônia", que marcou somente 28,8 pontos no mesmo período. Já "Segundo Sol", sua antecessora, teve uma média de 36,8 pontos. Outras tramas, como "O Outro Lado do Paraíso" e "A Força do Querer" acumularam 42,8 e 39, 7 pontos, respectivamente. Cada ponto equivale a 73.015 domicílios ou 204.050 indivíduos.FonteqBahia noticia.

Câmara de Inhambupe autoriza prefeitura a contrair empréstimo de R$ 4 milhões

Resultado de imagem para camara municipal de inhambupe baA Câmara de Vereadores de Inhambupe aprovou nesta terça-feira, 14, o projeto de lei que autoriza a Administração Municipal a contratar empréstimos junto à Caixa Econômica Federal no valor de até R$ 4.000.000,00 milhões.

A PL nº 06/2019 foi apresentada ao Legislativo na sessão do dia 02 de abril ver aqui ] e só mais de um mês depois o projeto teve êxito.

Na última sessão do dia 7 de abril, o prefeito de Inhambupe, Fortunato Silva, esteve na tribuna da câmara e pediu para que a casa atendesse ao projeto pois havia uma necessidade destas obras.

venho a esta tribuna não pedir para mim, mas pedir para quem mais precisa. Peço e faço este apelo aos vereadores que aprovem este projeto para investirmos em qualidade para nosso povo”, disse o prefeito [ver aqui ].

Já nesta última, o gestor, que compôs a mesa, presenciou a aprovação do seu projeto por unanimidade.

Após a aprovação, o prefeito usou a tribuna e disse que o projeto é de grande importância e que vai beneficiar mais de duas mil pessoas.

muitos diziam que alguns não votariam, mas eu sabia que seria aprovado, pois o povo de Inhambupe merece. Os 13 vereadores aprovaram e eu agradeço em nome do povo do Novo Inhambupe e vocês sabem que eles merecem. Este presente ao Novo Inhambupe, não é do prefeito nem dos vereadores, é de Deus que me iluminou a melhorar a qualidade de vida deles.”, disse.

Segundo o projeto, o valor será destinado para construção de uma quadra poliesportiva, construção de uma praça, construção de esgotamento sanitário e pavimentação em paralelepípedo e obras de infraestrutura urbana/modernização da gestão municipal. 

Esta vitória do executivo confirma que o prefeito Fortunato Silva está em harmonia com a população.Fonte/Rlnews.

AGENDE SUA CONSULTA DENTAL MED


terça-feira, 14 de maio de 2019

'Abraço gigante' e lembranças de Irmã Dulce marcam dia de celebração na Osid

Funcionários e devotos receberam com alegria o anúncio da canonização de Irmã Dulce
Durante todo o dia desta terça-feira (14), funcionários das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), devotos e religiosos celebraram a notícia da canonização.
Um dos atos simbólicos para comemorar foi realizado por funcionários dos mais diversos setores da instituição, desde jovens aprendizes até gestores, que deram as mãos e promoveram um abraço ao redor do edifício, na Cidade Baixa, para comemorar a data. Em seguida, foi realizada uma Missa em Ação de Graças pela Canonização, no próprio Santuário da Imaculada Conceição da Mãe de Deus.
Uma das funcionárias que participou da ação, a assistente social Andrea Lima, trabalha na Osid há 19 anos. Ela conta que ficou emocionada com a notícia e que fez questão de homenagear a beata.
“Já esperávamos por esse momento. É uma emoção imensa. Eu, pessoalmente, creio em Irmã Dulce e acho que esse momento é um presente, um reconhecimento da trajetória dela, que justifica todo esse processo”, opina.  
A assistente social, que é uma das coordenadoras do Centro de Convivência Irmã Dulce dos Pobres, parte responsável da instituição por realizar trabalhos com pessoas em vulnerabilidade e em situação de rua, se diz feliz por poder fazer bem ao próximo, assim como pregava a própria Irmã Dulce.
“Eu me sinto um grão de areia. As pessoas em situação de vulnerabilidade olham para a gente com muita esperança. E é o nome dela que a gente carrega”, diz.
Uma das beneficiadas pelo trabalho iniciado pela religiosa é a aposentada Lourdes Dourado, 82. A idosa, que morava no Rio de Janeiro e se mudou para Salvador recentemente, atualmente faz tratamento na Osid para um problema auditivo. Grata, ela faz questão de passar no santuário após cada consulta para agradecer à freira. ”Sou muito devota dela, desde antes de morar aqui. Ela fez muito para os pobres, acho que nunca mais vai existir alguém como Irmã Dulce”, conta.
Abraço marcou celebração pelo anúncio da canonização
(Foto: Arisson Marinho/CORREIO)
Amizade
Quem também tem um carinho muito grande pela beata é a freira Olivia Lucinda, 68, que conviveu com Irmã Dulce por 16 anos.
“A maior graça que recebi em toda minha vida foi poder ter convivido com ela. Sou devota e a amo muito”, declarou ela, que trabalha na Osid desde 1976. 
Irmã Olivia, que guarda boas recordações da amiga, conta que Irmã Dulce sempre saía em defesa dos mais necessitados. “Uma vez ela me pediu para pegar duas cadeiras de rodas para dois deficientes que chegaram. O prédio era novo e só tinha duas cadeiras por pavilhão, ia faltar. Eu questionei e ela disse: traga e, depois, Deus manda outra. Eu fiz, tirei as cadeiras dos setores, e, no momento que os doentes sentaram, estacionou um carro com duas cadeiras novas. Aí ela me disse: 'Nunca negue aos pobres'. É uma das lembranças que tenho”, contou emocionada.
Irmã Olívia fala de amizade com Irmã Dulce (Foto: Arisson Marinho/CORREIO)
Para Irmã Olivia, admirar Irmã Dulce não basta. A beata acredita que é necessário seguir o exemplo e também fazer bem ao próximo. “Não adianta só achar bonito e colocar no altar”, avisa a religiosa, que lembra ainda que, no convento, Irmã Dulce tinha costume de entregar todos os cobertores do lugar a desabrigados, para que não sofressem com o frio.
"Um dia, quando não havia mais cobertores para doar, ela tirou os lençóis da própria cama e entregou a um necessitado. Ela nunca negou nada, e nunca nada faltou, até hoje não falta”, conta Olívia. 
Milagre
segundo milagre atribuído a Irmã Dulce foi reconhecido nesta segunda-feira (13), pelo Papa Francisco. Era o último passo necessário para canonizar a Bem-Aventurada Dulce dos Pobres - como é oficialmente chamada a religiosa desde a sua beatificação, em 2011, quando foi reconhecido o primeiro milagre.
Dessa vez, um homem cego por 14 anos voltou a enxergar após pedir intervenção de Irmã Dulce. Os detalhes da história ainda permanecem em sigilo até que o processo seja concluído e a beata seja inscrita no livro dos Santos.
Ao CORREIO, o médico Sandro Barral, um dos profissionais que analisou o caso para dar o parecer de que a ciência não tem explicações para a mudança de quadro do paciente de aproximadamente 50 anos, revelou alguns detalhes da história.
"Trata-se de alguém que tinha adaptado sua vida a uma nova condição. Ele, antes, trabalhava com informática e mudou de profissão por ter uma doença que deteriorou sua visão. Aprendeu braile, usava guia, frequentava instituições de apoio a cegos. Um cão-guia estava sendo treinado para ser entregue a ele, mas ele não precisou receber, porque hoje enxerga", conta. 
Para Barral, a melhora do paciente não pode ser explicada pela ciência. "É uma unanimidade entre os médicos. Os exames dele são de alguém que não enxerga", detalhou ele, que explicou que até hoje os laudos apontam a limitação do paciente, embora um exame físico ateste que ele realmente voltou a enxergar.
Processo
O parecer médico é, inclusive, o primeiro passo para que um milagre seja reconhecido como verdadeiro. Em seguida, o caso é analisado por teólogos e por uma comissão de cardeais.
O Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, explicou que os relatos de graças concedidas com a intervenção de Irmã Dulce foram muitos desde que o primeiro milagre foi reconhecido. “Desde a canonização houve muito anúncio de cura, de milagres, mas sem provas, sem exames médicos anteriores para poder se comparar, ou até situações que não dava para comprovar. Esse milagre foi mais consistente”, contou. 
Irmã Dulce se tornará santa ainda este ano (Foto: Arquivo CORREIO)
No caso do paciente cego, a graça ocorreu em 2014. No entanto, foi preciso esperar o prazo de cinco anos para que um dos critérios utilizados pela igreja católica fosse atingido. Isso porque, para ser considerado um milagre, o fato deve ser duradouro, instantâneo, e não uma melhora progressiva, além de ser inexplicável do ponto de vista científico.
As etapas necessárias para tornar Irmã Dulce uma santa, duraram 27 anos desde a sua morte, em 1992. É o terceiro processo mais rápido da história, atrás apenas dos processos do Papa João Paulo II - que durou 9 anos - e de Madre Teresa de Calcutá - 19 anos. 
Para que a Bem-Aventurada Dulce dos Pobres passe a ser conhecida como Santa Dulce dos Pobres, é necessário que o Papa Francisco marque o chamado consistório. Nesse dia, a autoridade máxima da Igreja Católica vai proclamar oficialmente a inclusão da religiosa entre os santos da Igreja e marcará a data para que seja feita a cerimônia, que deve ocorrer ainda no segundo semestre deste ano, no Vaticano, na Itália.  
Para Dom Murilo Kriger, ter uma santa brasileira é de grande representatividade. “Fica a lição para que acreditemos que não há limites para a santidade. Qualquer pessoa pode ser santa, basta que ame. Ela vem nos mostrar que a santidade está ao nosso alcance. Durante muitos séculos nós, no Brasil, só conhecíamos santos do passado e estrangeiros. Hoje, temos Irmã Dulce, que viveu nessa cidade e andou por essas ruas”, avalia.Fonte/Correio24horas.

Ex-deputado Luis Bassuma é acusado de estuprar filha de 4 anos

O ex-deputado federal Luis Carlos Bassuma (Avante) foi indiciado pela Polícia Civil da Bahia e denunciado pelo Ministério Público (MP-BA) por estupro de vulnerável. Ele é acusado de ter estuprado sua filha adotiva quando ela tinha 4 anos - hoje, a menina tem 5 anos.
O ex-deputado federal também é julgado pela Justiça por violência doméstica. Sua ex-esposa, Ayla Maria Queiroz de Mello Bassuma, solicitou medida protetiva de urgência contra ele por conta do comportamento violento do ex-parlamentar, "além de problemas que estão sendo apurados com relação à filha menor". A criança foi adotada pelo casal em 2015. O ex-deputado tem outros três filhos com sua primeira esposa.
"Em razão das providências tomadas pela requerente para resguardar a integridade de sua filha menor, passou a ser ameaçada pelo mesmo e sendo esta pessoa violenta, temendo pela sua vida, pois sempre irá proteger a filha, vem buscar, de maneira urgente, a tutela da justiça, evitando sofrer atos de violência e ter até mesmo sua vida cerceada", diz a inicial protocolada pelo advogado de Ayla em dezembro de 2017.
Uma tentativa de agressão contra ela teria ocorrido em dezembro de 2017, quando um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Atendimento Especial à Mulher (Deam) de Brotas.
Na inicial à Justiça, o advogado de Ayla também pede providências quanto ao suposto estupro sofrido pela criança. "A pequena e inocente vítima conta com detalhes os fatos ocorridos e relatando com riqueza de detalhes, estando revestida de credibilidade, acompanhada de outros elementos confirmatórios, permitindo uma convicção idônea. No caso em tela, a vítima contou em juízo, detalhes do ocorrido antes e após a prática do ato delituoso", diz a inicial.
A peça apresentada à Justiça também apresenta laudo de médicos e psicólogos que atestam a existência do crime e de abusos sofridos pela menor e indicam que a mãe tome providências cabíveis com órgãos oficiais.
Ayla e Bassuma são casados civilmente desde 2014 e entraram com divórcio em 2016. A prática de abuso sexual teria ocorrido durante visitas da criança ao pai. 
Uma audiência para ouvir Ayla e decidir se ela ganhará a medida protetiva está marcada para o próximo dia 3 de junho.
Ao CORREIO, Bassuma classificou a acusação como "terrível calúnia sem mencionar o outro e verdadeiro lado da história". Por meio de nota, o ex-parlamentar se defendeu. "Ayla, minha ex-esposa e mãe adotiva da criança, até hoje inconformada com o divórcio pedido por mim em função de seus desequilíbrios possessivos, procurou a imprensa e contou a versão que lhe foi conveniente, expondo a minha filha a mais uma grave humilhação e constragimento".
Ele disse ainda que "as acusações são falsas e foram rechaçadas pela Delegacia de Abrantes e afastadas pelo Ministério Público do Estado da Bahia, em relatório detalhado de 24 laudas".
Investigação
O caso de estupro de vulnerável foi investigado pela Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca), que remeteu ao Ministério Público no dia 6 de maio, com indiciamento por estupro de vulnerável.
A promotora Eliana Bloizi, do MP, ofereceu denúncia à Justiça na última sexta-feira (10). O processo corre em segredo de justiça na 1ª Vara de Feitos Relativos a Crimes contra Criança, por envolver pessoa vulnerável. 
Procurado, o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) afirmou que o magistrado não pode se posicionar por conta do segredo de justiça.
Bassuma entrou na política pela primeira vez em 1996, quando foi vereador de Salvador pelo PT. Dois anos depois, em 1998, foi eleito deputado estadual. No ano de 2002, elegeu-se deputado federal, sendo reeleito em 2006. No ano passado, Bassuma foi candidato a deputado federal, mas não conseguiu se eleger.
Leia a nota de Bassuma na íntegra:
"O SBT colocou no ar uma terrível calúnia, sem mencionar o outro e verdadeiro lado da história. Fui acusado de abusar sexualmente de minha pequena filha, Maria. A denunciante Ayla, minha ex-esposa e mãe adotiva da criança, até hoje inconformada com o divórcio pedido por mim em função de seus desequilíbrios possessivos, procurou a imprensa e contou a versão que lhe foi conveniente, expondo a minha filha Maria a mais uma grave humilhação e constragimento.
Esqueceu de relatar que todas essas falsas acusações foram rechaçadas pela Delegacia de Abrantes, sob a atribuição da Dra. Daniele Monteiro. Esqueceu de relatar que todas essas falsas acusações foram afastadas pelo Ministério Público do Estado da Bahia, em relatório detalhado de 24 laudas.
A Denunciante não mencionou que a Justiça i já arquivou a falsa denúncia. Tudo isso que agora vem à tona é fruto de um inconformismo irresponsável. Em um triste gesto de vingança, Ayla usa a própria filha, causando-lhe mais trauma e dor. Já fui completamente inocentado uma vez e tenho certeza que serei novamente. Essa "nova" acusação, na realidade, nada tem de novo. É um embuste, uma farsa, um crime.
Crime contra minha honra, crime de tortura contra a pequena Maria. Tudo isso será apurado. Minha consciência sempre esteve e continuará em paz. Continuo confiante na Justiça Humana e principalmente na Justiça Divina. É preciso dar um basta nas falsas acusações. Estou afastado de minha filha há mais de 500 dias. A Vara de Família já determinou que eu retornasse ao convívio com minha filha.
A "mãe", desde o ano passado, impede o convívio descumprindo 3 mandados de busca e apreensão. A "mãe" desde o ano passado se nega a apresentar a criança a uma perícia séria  e isenta do SAOF do próprio Judiciário. A denunciante vem plantando na cabeça da infante mentiras, falsas histórias e grave alienação. Nessa história que a mídia lamentavelmente divulgou há sim crime. Mas crime de tortura, decorrente de intensa alienação parental, e crime de denunciação caluniosa. Quando Deus quiser a verdade será reestabelecida, minha filha será libertada e encontrará novamente a alegria e a paz".Fonte/correio24horas.

Educação da rede municipal e estadual de Inhambupe aderem a paralisação nesta quarta, 15

Em reação ao anúncio do corte no orçamento destinado às universidades e institutos federais do país, estudantes e trabalhadores da educação de Inhambupe irão paralisar as atividades nesta quarta-feira (15). A mobilização, intitulada Greve Nacional da Educação, está prevista para ocorrer em todo o Brasil.

Os cortes efetuados no orçamento do Ministério da Educação (MEC) são cruciais. Os estudantes realizam grandes protestos pelo país afora contra o contingenciamento de R$ 2,2 bilhões na verba destinada às universidades e institutos federais.

Da educação básica ao ensino médio foram cortados R$ 2,4 bilhões. O que mostra o desprezo que esse desgoverno tem pela educação pública e o desrespeito para com o magistério.

Além do repudio aos cortes da educação, a paralisação também é contra a reforma da previdência.

As entidades de classes sindicais do município de Inhambupe, Sindserpi e a APLB, aderem ao manifesto.Fonte/ronaldo news.

segunda-feira, 13 de maio de 2019

LÚCIO MAURO RECEBE HOMENAGENS EM VELÓRIO NO RIO

Lúcio Mauro recebeu homenagens no velório realizado no Rio de Janeiro na manhã desta segunda-feira (13). Aos 92 anos, o ator morreu na noite de sábado (11). Ele estava internado na Clínica São Vicente, na Zona Sul do Rio, há cerca de dois meses. "Para nós, familiares, fica a lição de um homem que viveu um vida plena. Ele falava: 'pode chorar um pouquinho e ficar triste, mas é para celebrar a minha vida'", afirmou Lúcio Mauro Filho. "O papai ficou internado por quase quatro meses. Essa foi uma esticada que ele não merecia. O corpo já estava falindo e você fica sem perspectivas, mas cada um te a sua missão e ee completou a dele lindamente", completou.


Leandro Hassum (Foto: Daniel Pinheiro/AgNews )O ator falou ainda da última vez que viu o pai. "Nosso último encontro foi na quinta-feira porque eu estava indo para São Paulo para fazer um espetáculo. Eu não sabia que aquele seria o último encontro, mas ao mesmo tempo nos últimos tempos todo encontro eu tratava como o último. Ele já estava apagadinho, abriu o olhinho, eu orei com ele, contei umas coisinhas no ouvido dele como eu sempre fazia para ele ter a certeza de que ele estava deixando aqui na Terra uma família unida e conformada. Porque foi uma vida tão plena, tão cheia de vitórias, não só na vida pessoal, mas também na vida profissional."
Populares deixaram cartazes na escadaria de entrada do Theatro Municipal. A cerimônia de despedida é aberta ao público e terá início às 9h. "Vá com Deus, Lúcio Mauro", era uma das mensagens escritas por um fã. Coroas de amigos, familiares e personalidades também foram recebidas.
Heloísa Périssé (Foto: Marcos Ferreira/ Brazil News )Leandro Hassum emocionou ao falar do comediante e amigo. "Seu Lúcio deixa um enorme legado para as novas gerações. O Lúcio foi o grande parceiro de cena do Chico Anysio. Os dois sempre fizeram o humor engraçado. O Seu Lúcio conseguia fazer humor com a boca fechada. Sou muito amigo do Lucinho. Amanhã começaremos a gravar a nova temporada da Escolinha. Vai ser uma grande emoção estar ao lado do Lucinho que faz o Seu Aldemar Vigário, papel que que foi do pai. Chico sempre dizia que Lúcio era seu grande parceiro e agora um estará com o outro."
Heloísa Périssé foi às lágrimas ao falar do amigo. "Eu o conheço há mais de 30 anos. A família dele é a minha família. A gente sabe que a pessoa descansa, quer o melhor, mas o momento é difícil... Desejo que ele fique em paz. O céu está festa recebendo esse amigo maravilhoso que ele é e sempre será."
Fábio Porchat (Foto: Roberto Filho / Brazil News)Fábio Porchat falou sobre suas lembranças de Lúcio. "Ele fez do humor a sua vida e a nossa também, como comediante. Hoje todo mundo é gênio, mas ele é mesmo um gênio, da mesma época de CHico Anysio e Ronald Golias. Ele estava sofrendo e fico tranquilo por vê-lo descansar. Estou feliz por estar aqui para estar ao lado da família. Tive a honra de trabalhar com ele no filme Vai que dá certo. ele era brilhante e generosa. No ensaio, ele fez uma piada", afirmou.
A diretora Cininha de Paula também falou sobre o trabalho com o comediante. "Foeram nove anos trabalhando com o Lúcio na Escolinha e outros dois anos fazendo o Da Júlia, no quadro do Alberto Roberto, do Chico Anysio Show. Quando estreei essa nova geração da Escolinha, fiz questão de colocá-lo para abrir o programa. Ele interpretou um faxineiro que vivia um ex-aluno do professor Raimundo."
"Por volta das 22 horas deste sábado, meu amado pai serenou. Ele merecia esse descanso. Lucio Mauro teve uma vida linda, uma carreira vitoriosa, cinco filhos, cinco netos, dois casamentos, com Arlete e Lu, duas mulheres fantásticas que se tornaram amigas e mantiveram essa família unida", afirmou Lúcio Mauro Filho em um post nas redes sociais.
Leandro Hassum (Foto: Roberto Filho/ Brazil News)Com trajetória aclamada em programas de humor, o ator integrou o elenco de alguns dos principais programas da TV Globo, emissora em que atuava desde 1966, como Chico City (1973), Os Trapalhões (1989) e Escolinha do Professor Raimundo (1990).
Heloísa Périssé (Foto: Marcos Ferreira/ Brazil News )
Leandro Hassum (Foto: Daniel Pinheiro/AgNews )
Evandro Mesquita (Foto: Roberto Filho/ Brazil News)
Populares fazem homenagens para Lúcio Mauro (Foto: Carla Neves / Editora Globo)
Cininha de Paula chega ao velório de Lúcio Mauro (Foto: Roberto Filho / Brazil News)
Maurício Faria (Foto: Roberto Filho / Brazil News)
Cininha de Paula chega ao velório de Lúcio Mauro (Foto: Roberto Filho / Brazil News)
Corpo de Lúcio Mauro chega ao Theatro Municipal, no Rio de Janeiro (Foto: Roberto Filho / Brazil News)
Corpo de Lúcio Mauro chega ao Theatro Municipal, no Rio de Janeiro (Foto: Roberto Filho / Brazil News)
Corpo de Lúcio Mauro chega ao Theatro Municipal, no Rio de Janeiro (Foto: Roberto Filho / Brazil News)
TRAJETÓRIA
Nascido na cidade de Belém, no Pará, em 1927, Lúcio Mauro se transferiu para o Rio de Janeiro em 1963 ao lado da então mulher, a atriz Arlette Salles, com quem começou a namorar ainda jovem em Pernambuco, onde atuavam em atrações da TV Rádio Clube, emissora local. Já na capital fluminense, ele integrou o casting das emissoras TV Rio, TV Tupi, TV Excelsior e TV Globo.
Além de atuar, Lúcio Mauro participou da direção e criação de atrações, com destaque para Balança Mas Não Cai (1968), que reeditou quadros que fizeram sucesso na Rádio Nacional nos anos 1950.
Chico Anysio foi um do principais parceiros profissionais de Lúcio Mauro, interpretando Aldemar Vigário, na Escolinha do Professor Raimundo, e Da Júlia, personagem do Chico Anysio Show, posteriormente reeditado no Zorra Total.
Relembre momentos da carreira de Lúcio Mauro:
Na novela A Favorira (2008), Lúcio Mauro interpretou Sabiá e contracenou com Murilo Benício e Cláudia Missura (Foto: Divulgação/TV Globo)
Caracterizado como Da Júlia, Lúcio Mauro grava quadro do Zorra Total ao lado de Chico Anysio e Juliana Paes (Foto: Isac Luz/TV Globo)
Ao lado de Cláudia Rodrigues, Lúcio Mauro formou uma inesquecível dupla no programa Zorra Total (Foto:  Eduardo Naddar/TV Globo)
Lúcio Mauro entre Marieta Severo e Marco Nanini em gravação de participação especial no seriado A Grande Família (Foto: João Miguel Junior/TV Globo)