AGENDE SUA CONSULTA DENTAL MED

AGENDE SUA CONSULTA DENTAL MED

segunda-feira, 18 de março de 2019

Dois morrem e um fica ferido em queda de elevador no Corredor da Vitória

[Dois morrem e um fica ferido em queda de elevador no Corredor da Vitória]Dois homens morreram e um ficou ferido após um elevador de cargas despencar, no edifício Mansão Carlos Costa Pinto, na Avenida Sete de Setembro, no bairro do Corredor da Vitória, em Salvador, por volta das 11h desta segunda-feira (18). 
À reportagem, a assessoria da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informou que um homem de 44 anos foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o Hospital Geral do Estado (HGE). O estado de saúde dele é desconhecido.
Informações preliminares indicam que os funcionários trabalhavam para uma empresa que realizava pintura no prédio.
A perícia do Departamento de Polícia Técnica (DPT) chegou ao local por volta de 14h36. 
Os integrantes do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil estiveram no local, mas foram impedidos de entrar no edíficio.Fonte/Bocaonews.
Detalhes do acidente serão investigados pela Polícia Civil.
*Com informações da repórter Brenda Ferreira

domingo, 17 de março de 2019

Após parte de açude ceder, famílias são removidas por risco de rompimento de barragem no CE


[Após parte de açude ceder, famílias são removidas por risco de rompimento de barragem no CE]
Mais de 500 famílias foram retiradas de comunidades rurais de Ubajara, cidade a 310 km de Fortaleza, pelo risco de rompimento da barragem de um açude.
A prefeitura estima que mais de 3 mil pessoas morem no distrito de Jaburuna e estariam no caminho da água se houver o rompimento do açude Granjeiro. 
O risco fez com que o prefeito Renê Vasconcelos decretasse no sábado (16) estado de emergência para facilitar a remoção.
Algumas pessoas foram levadas a um santuário, o Mãe Rainha, onde a prefeitura preparou estrutura com médicos, enfermeiros, assistentes sociais e psicólogos, mas a maioria optou por ficar nas casas de parentes e amigos na parte mais alta da região, que não tem risco de ser inundada.
Segundo a prefeitura, cerca de 30% dos moradores ainda resistem e permanecem em suas casas.
A orientação para evacuação partiu da ANA (Agência Nacional de Águas), depois que a defesa civil do Ceará constatou a necessidade de obras que ajudem na retirada da água do Granjeiro —está sendo feita uma nova comporta para esvaziar pela metade o açude, que está quase cheio atualmente.
Tem chovido muito na região e há previsão de mais chuva para os próximos dias, por isso o caráter preventivo da ação, segundo a defesa civil.
A situação, porém, é tratada como prioridade pela ANA. O secretário-geral da agência, Rogério Menescal, viajou para Ubajara.
Desde sexta-feira (15), moradores e funcionários da prefeitura colocam sacos de areia em parte da barragem para aumentar a segurança. A decisão de evacuação ocorreu no sábado, quando foi definido que a nova comporta seria feita — a defesa civil avalia a situação da barragem desde terça-feira (12), após moradores relataram que parte da estrutura cedeu. 
"Estamos fazendo esse trabalho que é altamente preventivo, o pior da barragem já passou. Mas é importante que esse plano de remoção seja feito. As pessoas que estiverem preocupadas com seus bens, fiquem tranquilas porque teremos mais de 40 policiais fazendo prevenção de qualquer tipo de saque. Embora o risco seja pequeno, é importante transformarmos isso em risco zero", disse o prefeito Renê Vasconcelos, por meio de uma rede social. 
O açude conhecido como Granjeiro é de propriedade da Agroserra Companhia Agroindustrial Serra da Ibiapaba. Em vídeo divulgado junto com o prefeito de Ubajara, Menescal disse que houve omissão na manutenção.
A ANA decidiu embargar provisoriamente a barragem, que não está regularizada. "Medidas judiciais serão providenciadas [contra os proprietários] e garanto que serão duras", disse Menescal. 
As prefeituras das cidades vizinhas de Tianguá e Ibiapina enviaram veículos para ajudar no transporte para a remoção das pessoas de Jaburuna. Não há previsão para que as pessoas possam voltar para suas casas.
No sábado (16), na área rural de Rio Preto, em Minas Gerais, cerca de 30 pessoas foram retiradas de suas casas após um alerta de risco de rompimento de uma barragem hidrelétrica na região.
O nível do reservatório da usina hidrelétrica de Mello, pertencente à Vale, se elevou por causa de chuvas intensas durante a madrugada, segundo a mineradora.
Isso elevou a barragem ao nível 2 de risco, definido por agências reguladoras, o que gerou o alerta da Vale à Defesa Civil.Fonte/Bocaonews.

Polícia Civil evita entrega de celulares e drogas em complexo penitenciário de Alagoinhas

Equipes da 2ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Alagoinhas) impediram , na madrugada deste domingo (17/3), que celulares e drogas chegassem às mãos de traficantes custodiados no Complexo da cidade de Alagoinhas (distante 108 km de Salvador).
Investigadores ouviram um barulho estranho às 3h30 no entorno da unidade e, após checagem, flagraram Robson Bispo de Souza, 23 anos, com dois celulares, carregadores, fone de ouvido e duas porções de maconha. Em depoimento, Robson confessou que faz parte de uma facção e arremessaria os materiais para comparsas. Robson foi autuado por tráfico de drogas e ingresso de aparelho telefônico móvel em estabelecimento prisional.Fonte/Aratuonline
b8ab69b8-396f-46e1-9025-8f137c48ae82Nessa sexta-feira, 15, o comando da 6ªCIPM recepcionou os 20 novos policiais recém formados do Curso de Formação de Soldados da Polícia Militar da Bahia. A Unidade Operacional foi agraciada com esse reforço que irá contribuir bastante no policiamento  ostensivo e preventivo, nos sete Municípios de sua responsabilidade: Jandaíra, Acajutiba, Aporá, Crisópolis, Olindina, Itapicuru e Rio Real.

Os policiais militares ficarão sob comando do Major PM Alan que irá definir onde irão atuar na área da companhia independente. O recém formado, Soldado PM Acson, comentou sobre a chegada dele na Unidade, " trabalhar em um local onde sempre ouvia falar bem desde a época dos estudos é perceber que com força e determinação conseguimos concretizar nossos objetivos. Também sempre almejamos estar entre os melhores e trabalhar em um local onde seja referência, sei que na 6ª CIPM estarei entre os tais", formado no 4°BPM, em Alagoinhas.

A policial feminina, Soldado PM Raquel Nascimento, que formou no 1° BEIC em Feira de Santana, também comentou sobre o papel da mulher na instituição e da felicidade em se tornar integrante da 6ªCIPM, "ser mulher e ingressar numa instituição de natureza originalmente masculina é, sobretudo, ser vitoriosa. Do ingresso no curso de formação  à execução do policiamento ostensivo são diversos obstáculos e preconceitos enfrentados. No dia a dia temos que provar nossa capacidade e conquistar nosso espaço, quebrando paradigmas construídos historicamente. Fazer parte da 6ªCIPM é mais uma realização enquanto policial militar feminina pela admiração à sua reputação positiva em considerar e respeitar as necessidades e particularidades de seu efetivo. Minha expectativa enquanto policial e mulher é de poder colaborar na conservação da ordem pública e desenvolver potenciais no policiamento da nossa Região, representando a valorosa 6ªCIPM". 

Com informações da Policia Fonte/www.portalalagoinhasnews.com.br

Nova Soure: Falso médico é preso por usar nome de profissional verdadeiro

Nova Soure: Falso médico é preso por usar nome de profissional verdadeiroUm falso médico foi preso em Nova Soure, no nordeste baiano, após uma denúncia anônima. Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), o homem se passava por um médico que tinha o mesmo primeiro nome dele: Aislan. O impostor, identificado como Aislan Deivid Pimentel, usava o nome do médico Aislan Pires Fernandes. O falso profissional foi descoberto quando policiais militares pediram os documentos dele. A ação foi feita por uma guarnição da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Nordeste.

Ainda segundo a SSP-BA, no livro de registros do hospital, os militares constataram vários atendimentos feitos pelo falso médico em anos diferentes. Aislan foi preso em flagrante e apresentado na Delegacia Territorial de Ribeira do Pombal, na mesma região. "Ele aproveitou o homônimo do primeiro nome para aplicar o golpe. Importante a população sempre denunciar", declarou o comandante da Cipe Nordeste, major Wellington Morais dos Santos.

O oficial contou ainda que o médico verdadeiro mandou uma mensagem para um militar da unidade e agradeceu pelo flagrante. O caso ocorreu na sexta-feira (15).FonteqBahianoticia.

FBF descumpre regulamento e autoriza partida do Campeonato Baiano sem ambulância


[FBF descumpre regulamento e autoriza partida do Campeonato Baiano sem ambulância]Aos 17 minutos, um grande susto no Barradão. Allysson dominou bola no meio campo e fez lançamento no ataque. Diego Aragão dominou no peito, no entanto, sofreu uma forte carga de Victor Ramos. O jogador do Fluminense caiu desarcordado no gramado. O jogador teve que ser levado para o Hospital Geral do Estado, assim o Barradão ficou sem ambulância no campo de jogo.
A autorização para o reinicio do jogo foi dada pelo delegado da partida, contrariando o regulamento da competição que prevê que a cada 10 mil torcedores presentes no estádio, um ambulância tem que ficar estacionada no estádio. O veículo deve um médico e dois enfermeiros.
A ambulância só retornou para o estádio aos 27 minutos do segundo tempo, praticamente uma hora depois do acidente ocorrido com o atleta do Fluminense de Feira.Fonte/Bocaonews

quinta-feira, 14 de março de 2019

Em Alagoinhas, bandidos usam cavalos para roubar ônibus que seguia de Feira de Santana para RN

Passageiros de um ônibus interestadual foram assaltados na madrugada de quinta-feira (7), por volta da 0h10, quando o veículo passava pela BR-101, no km 87, na cidade de Alagoinhas (BA).

De acordo com o boletim de ocorrência, o ônibus da empresa Gontijo que saiu de Feira de Santana, e seguia para Natal no Rio Grande do Norte, quando o motorista viu três cavalos na pista. Bandidos que estavam atrás dos animais, efetuaram disparos de armas de fogo, obrigando o motorista parar.

Os criminosos aproveitaram o momento, invadiram o veículo e perguntaram se existia algum policial dentro, caso tivesse eles matariam. Com uma espingarda calibre 12 apontada na cabeça, o motorista foi obrigado levar o ônibus para uma estrada vicinal, dentro de uma plantação de eucaliptos a cerca de 600 metros de onde foi abordado.

Conforme o relato do motorista, ele se deslocou mais aproximadamente 7 metros, onde teve que atravessar o ônibus. O limpador do para brisa do lado direito estava com uma marca provavelmente de tiro. Ninguém ficou ferido.

Armados com facão, revólver e espingarda calibre 12, o grupo saqueou todos os passageiros, entre homens, mulheres, idosos e até crianças.

Até o momento, nenhum assaltante foi localizado e preso.

As vítimas prestaram queixa na Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos ( DRFR/Alagoinhas).|Informações Luciano Reis Noticias / Imagem ilustrativa do google

quarta-feira, 13 de março de 2019

Agentes penitenciários baianos trabalharão armados pela primeira vez

Uso de equipamentos, no entanto, será permitido apenas fora das prisões
Os agentes penitenciários da Bahia receberam, na tarde desta quarta-feira (13), fardamentos, equipamentos e armamentos institucionais. Pela primeira vez desde 2014, quando o Estatuto do Desarmamento foi alterado para permitir que a categoria trabalhasse portando armas, esse tipo de entrega ocorre na Bahia, mas é para uso fora dos presídios. 
O investimento foi de cerca de R$ 7,9 milhões, o que incluiu a compra de equipamentos de baixa letalidade, como granadas de efeito moral, coletes de proteção balística, escudos e outros para atividade de inteligência. Segundo o secretário de Administração Penitenciária, Nestor Duarte Neto, o investimento também possibilitará a entrega de 14 ambulâncias e 24 veículos-celas, espécie de camburão com capacidade para 8 internos. 
Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), as armas entregues serão utilizadas em três atividades básicas do sistema: escolta, custódia e segurança de perímetro dos estabelecimentos prisionais. Esse detalhamento foi publicado no Diário Oficial em portaria no último dia 25 de fevereiro.
Ainda segundo informações da Seap, os equipamentos serão distribuídos para todas as unidades do sistema prisional baiano à medida em que os agentes forem sendo capacitados para seu uso. Ainda nesta semana, será publicada uma portaria sobre o treinamento. 
“Estamos entregando um fardamento de primeiro mundo para todos os agentes, além de armamentos que vão suprir as necessidades de uma área prisional, para que a gente possa fazer esse trabalho de proteção e escolta diretamente, sem precisar recorrer à Polícia Militar”, avaliou.
Com a entrega, os agentes da Bahia terão posse de arma e armamento institucional pela primeira vez.   
( Fernando Vivas/GOVBA)
Insuficiente
Para Reivon Pimentel, presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado da Bahia (Sinspeb), alguns agentes já estão capacitados, mas o quantitativo de armas está ainda aquém da necessidade. "Estão chegando em torno de 400 pistolas e nós temos cerca de 1.300 agentes. O ideal é que se tivesse uma arma para cada um”, destacou Pimentel. 
Em resposta, a Seap refutou a necessidade de armamento individual. “É um equívoco. A missão do agente penitenciário não é estar armado dentro da unidade, já que ele também é um agente de ressocialização. Vale ressaltar que a utilização do armamento é exclusiva extramuros”, afirmou a pasta, em nota. 
O Sindicato informou ainda que o Grupo Especial de Operações Prisionais (Geop) já está qualificado para utilização desse armamento e eles serão os primeiros a receber o equipamento. "É preciso, sim, capacitar todos os demais agentes penitenciários. Nós estamos cobrando do secretário e da superintendência de gestão prisional que esse treinamento seja o mais breve possível. Segundo o superintende, as turmas de treinamento ocorrerão a partir do próximo mês”, complementou Pimentel. 
O representante da categoria classificou a entrega como um divisor de águas para a realidade prisional baiana e para o exercício da função. “Com a chegada desses equipamentos, principalmente do armamento institucional, porque vai nos empoderar frente ao crime organizado, vamos poder exercer todas as funções com segurança para o operador, para o agente penitenciário e para a sociedade”, pontuou.
Facções
Durante a cerimônia de entrega dos equipamentos, o secretário de Administração Penitenciária destacou a situação do sistema penitenciário baiano em relação ao número de vagas como “a melhor situação prisional do Brasil”. Nestor Duarte disse, ainda, que a Bahia tem 15 mil internos para 13 mil vagas disponíveis, uma sobrecarga que seria bem menor do que a brasileira, que tem 800 mil presos para 250 mil vagas.  
Questionado pelo CORREIO sobre a situação que levou à transferência de 50 presos do presídio de Feira Santana, o secretário disse que a transferência teria sido motivada por questões relacionadas às facções criminosas no final do ano passado. Segundo ele, o que ocorreu foi a necessidade de se adequar completamente a um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) firmado com o judiciário. “Naquela época estávamos adequados cerca de 97%, hoje já estamos 100% adequados ao que estava acordado com o Ministério Público”, esclareceu.  
Sobre as facções e o trabalho da Seap nesse sentido, o secretário disse ainda que se trata de um trabalho coletivo. “As facções existem no Brasil inteiro. Essa é uma luta cotidiana, é um trabalho que fazemos conjuntamente à Secretaria de Segurança Pública, no combate mais ostensivo à criminalidade. Aqui, no que nos compete nas unidades prisionais, com esses líderes de organizações, precisamos ter um tratamento diferenciado, um olhar específico para que eles não possam comandar suas facções de dentro das unidades”, disse. FonteqCorreio24horas

Veja quem são as vítimas do massacre em escola de Suzano

Atiradores Luiz Henrique de Castro, 25 anos, e Guilherme Taucci Monteiro, 17, eram ex-alunos
A polícia divulgou que os dois atiradores que mataram pelo menos oito pessoas na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, Grande São Paulo, Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, 25, eram ex-alunos da institução, disse o secretário de Segurança Público, João Camilo Pires de Campos. Os dois cometeram suicídio em seguida.
Luiz Henrique de Castro, tinha 25 anos, e Guilherme Taucci Monteiro, 17
Antes de invadirem a escola estadual Professor Raul Brasil, os dois adolescentes foram até uma loja de veículos e atiraram no dono do estabelecimento, tio de um dos assassinos. A informação foi divulgada pelo coronel Marcelo Salles, comandante da Polícia Militar de São Paulo, em entrevista coletiva, na instituição, por volta do meio dia desta quarta-feira (13).
Os mortos são:
Marilena Ferreira Vieira Umezo, 59 anos, coordenadora pedagógica da escola. Era casada. Deixa filhos e netos.
Eliana Regina de Oliveira Xavier, 38 anos, inspetora na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano.
Samuel Melquíades Silva de Oliveira, 16 anos, aluno. Frequentava a igreja Adventista do Sétimo Dia com o pai
Douglas Murilo Celestino, 16 anos, aluno. Chegou a ser socorrido ao Hospital de Clínicas Luzia Pinho de Melo, foi a óbito.
Kaio Lucas da Costa Limeira, 15 anos, aluno
Caio Oliveira, 15 anos, aluno
  • Claiton Antonio Ribeiro, 17 anos, aluno: ele foi baleado e morreu na escola.

  • Jorge Antonio de Moraes, comerciante, morto antes da entrada dos assassinos na escola, tio de Guilherme Taucci

O adolescente João Caetano da Silva, 15 anos, está internado em estado grave depois de ser atingido com um tiro na cabeça. O jovem e outros dois adolescentes foram levados para o Hospital Luzia de Pinho Melo, em Mogi das Cruzes, próximo a Suzano, onde ocorreu o atentado.
Outro adolescente, João Vitor Ramos Lemos, atingido na cabeça e no braço, chegou a ser socorrido, mas morreu enquanto era levado pela ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).
Uma outra estudante, de 14 anos, foi atingida no pescoço e abdômen. Segundo a TV Globo, a jovem foi socorrida e permaneceu consciente durante o trajeto da escola até o hospital.
Lista de feridos:

1. Adna Isabella Bezerra de Paula, 16 anos, transferida do PSM Suzano para o HC/FMUSP - estável, na emergência.

2. Anderson Carrilho de Brito, 15 anos, transferido do PSM Suzano para o HC/FMUSP - estado grave, no centro cirúrgico.

3. Beatriz Gonçalves Fernandes, 15 anos, estável no PSM de Suzano

4. Guilherme Ramos do Amaral, 14 anos , neste momento passa por cirurgia no PS de Suzano.

5. Jenifer da Silva Cavalcante - HC Luzia de Pinho Melo, grave, porém estável, passou por procedimentos cirúrgicos e está sendo acompanhada pela equipe médica.

6. José Vitor Ramos Lemos, (Hospital Santa Maria). É o que foi atingido com o machado.

7. Leonardo Martinez Santos - socorrido ao HC Luzia de Pinho Melo - fraturou o tornozelo, será operado e passará por cirurgia.

8. Leonardo Vinícius Santa Rosa, 20 anos, estava na Santa Casa de Suzano e foi transferido para o HC/FMUSP, estável no PS.

9. Letícia de Melo Nunes, (Hospital Santa Maria - transferida para Hospital Geral de Itaquaquecetuba) - estável e sob acompanhamento especializado de cirurgia geral.

10. Murillo Gomes Louro Benites, 15 anos - socorrido ao HC/FMUSP pelo Águia, estável no PS.

11. Samuel Silva Félix, 15 anos (Hospital Santa Maria).Fonte/Correio24horas

Vídeo mostra chegada e entrada de atiradores em escola de Suzano; assista

Dupla de 17 e 25 anos estacionou na porta de escola. Ao menos 10 morreram
Um vídeo feito por uma câmera de segurança instalada em um imóvel bem em frente à Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, interior de São Paulo, mostra a chegada de Guilherme Taucci Monteiro, 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, 25, à unidade estudantil e, em seguida, a entrada dos dois atiradores. A dupla matou pelo menos oito pessoas e depois tiraram a própria vida, dentro da escola.
Os dois chegaram um carro branco e pararam bem na porta de entrada da unidade. A princípio, apenas o atirador que estava no banco carona salta do veículo. Com o portão da escola aberto, ele entra, em posse de uma mochila. Segundo moradores, havia uma segunda portaria na parte interna da escola.
O segundo atirador fica no carro e, provavelmente, após o início dos tiros, também corre para dentro da unidade escolar portando outra mochila.
No final da gravação, que circula nas redes sociais, é possível ver alunos tentando fugir do local, pouco depois das 9h desta quarta-feira (13).
Tiro em lava à jato
Antes de invadirem, a dupla foi até um lava à jato e atirou no dono do estabelecimento. A informação foi divulgada pelo coronel Marcelo Salles, comandante da Polícia Militar de São Paulo, em entrevista coletiva, na instituição, por volta do meio dia.
"Foram dois atiradores que foram num lava rápido aqui em frente à escola e atiraram em um homem. Esse senhor está sendo submetido a uma cirurgia na Santa Casa de Suzano neste momento", disse coronel. 
Após os disparos na oficina, os adolescentes entraram na escola pela porta da frente e atiraram na coordenadora pedagógica e em outra funcionária. Uma parte dos alunos estavam em intervalo de aulas.
"Os estudantes estavam na hora do lanche, eles foram ao pátio, atiraram em mais quatro alunos do ensino médio. Só tinham alunos do ensino médio. Depois, eles foram ao centro de línguas. Os alunos se fecharam na sala com a professora e eles se suicidaram no corredor", detalhou o comandante da PM.
Ainda segundo Salles, foram encontradas quatro peças de plásticos para recarregamento de armas. Foram usadas no ataque uma arma de calibre 38 e besta (arma medieval com flecha).
Dentro da escola também foram encontradas artefatos que podem ser explosivos, por isso o esquadrão antibombas está no local fazendo uma varredura. 
As famílias das vítimas estão sendo atendidas no Caps da prefeitura.
Na coletiva, o governador de São Paulo, João Dória, disse que ficou chocado com a cena. "Foi a cena mais triste que eu já vi. Eu fico muito triste que um fato como esse ocorra no nosso país. Deixo meu sentimento às famílias".
Barricada
Duas merendeiras contaram como conseguiram salvar alguns estudantes enquanto os atiradores abriam fogo na escola. 
"A gente só ouvia muitos tiros e muito desespero. Nós abrimos a porta da cozinha para entrada dos estudantes. Quando os tiros começaram a se aproximar, nós fechamos e colocamos uma geladeira atrás da porta para evitar que eles entrassem. Nós tivemos a ideia de colocar o freezer para proteger a janela. 
A mãe de uma aluna do centro de idiomas da escola estadual contou que a filha estava em horário de aula quando os dois adolescentes chegaram. Ela recebeu uma ligação da filha pedindo socorro. 
"Eu fiquei sabendo porque ela me ligou e me disse: 'mãe, corre pra cá porque tá tendo tiroteio'. Ela estava gritando. A sorte que um vizinho etsava perto e me trouxe. Eu disse pra ela procurar um lugar seguro. Eu peguei carona com uma outra mãe pra chegar", contou Rose.
Para evitar que fossem baleados, eles seguraram a porta da sala. "Ela estava no período de aula e ouviu o barulho e disse que era tiro, mas a professora disse que era bombinha. Só que a professora fechou a porta e saiu. Só que logo a professora voltou correndo, fechou a porta e ficou segurando a porta, porque eles tentaram entrar na sala dela", completou Rose.Fonte/Correio24horas

Conheça os autores de massacre que matou 10 em escola de São Paulo


[Conheça os autores de massacre que matou 10 em escola de São Paulo]
A polícia divulgou os nomes dos autores do massacre que deixou 10 mortos na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo. Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos são os assassinos, de acordo com a corporação. Eles se suicidaram logo em seguida. Castro completaria 26 anos no próximo sábado.
A polícia ainda informou que quatro dos mortos no local são alunos do ensino médio. Outros dois adolescentes foram socorridos, mas morreram no hospital. Duas das vítimas são funcionárias da escola. O ataque ocorreu por volta das 9h30 desta quarta-feira (13).
Segundo a TV Globo, a casa de Luiz Henrique fica a apenas 1,3 km da escola onde houve o massacre. A polícia investiga se o ataque tem relação com o fato de, antes de entrarem na escola, os dois terem atirado no dono de um lava-rápido, identificado como Jorge Castro. Ele tem parentesco com Luiz.Fonte/Bocaonews.

Homem sofre tentativa de assassinato em Inhambupe

m homem sofreu tentativa de homicídio por volta às 11h na cidade de Inhambupe. O crime ocorreu na manhã desta quarta-feira (13), entre a Rua Conselheiro Manoel Dantas e Rua José Parmênio Barcelar.

Segundo informações, a vítima que é do "Arraiá Santana" - Sátiro Dias,  foi socorrida por populares e estava em estado critico. A polícia e o Samu foram acionados!   

Até o fechamento desta matéria, o homem estava no Hospital Antonio Carlos Magalhães - Inhambupe, sobre cuidados médicos.

A polícia deve investigar o caso. Fonte/Ronaldoleite

terça-feira, 12 de março de 2019

Kannário pode perder mandato após polêmica com figurino de Carnaval


[Kannário pode perder mandato após polêmica com figurino de Carnaval]
O Major da Polícia Militar da Bahia, Copérnico da Silva Mota, protocolou, nesta terça-feira(12), na corregedoria parlamentar da Câmara dos Deputados, uma representação contra o deputado federal Igor Kannário, por quebra de decoro parlamentar.
Copérnico da Silva Mota é presidente da Força Invicta (Associação dos Oficiais Militares Estaduais da Bahia) decidiu protocolar a representação após o deputado e cantor puxar o trio pipoca, nos dias 1º e 4 de março, com roupas que assemelham ao uniforme da Polícia Militar e colocar nelas a inscrição “Comando da Paz”, o que para a associação teria sido apologia ao crime.
O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados vai analisar a representação podendo Igor Kannário perder o mandato de deputado federal.
O cantor afirmou que tentou homenagear os PMs e que a inscrição mostra que os agentes são promoventes da paz. O prefeito ACM Neto (DEM) também saiu em defesa de Kannário, dizendo que, se a cantora Ivete Sangalo tivesse desfilado no Carnaval da mesma forma, não teria sido questionada.Fonte/Bocaonews.